Onda de frio chegará ao Brasil!

As projeções meteorológicas indicam uma acentuada queda de temperatura na segunda metade de abril; confira o clima previsto para sua região O mês de abril está prestes a receber os primeiros sinais do outono, trazendo consigo uma onda de frio que deve abranger grande parte do território brasileiro. Há previsão de geada no Sul e temperaturas abaixo da média no Sudeste. Os modelos meteorológicos apontam para a chegada de uma robusta massa de ar frio ao país nas próximas semanas, encerrando assim um período prolongado de calor. Quando se espera o início do frio?

Quantos graus vai ter?

De acordo com os modelos meteorológicos, a primeira incursão da massa de ar frio está prevista para este final de semana, porém, sua atuação será inicialmente restrita à região Sul do país. O frio, neste momento, será passageiro, com mínimas abaixo de 5°C e a possibilidade de formação de geadas.

A segunda onda de frio será mais vigorosa e terá abrangência sobre grande parte do território nacional, conforme apontam as previsões.

A intensificação do frio está prevista para a segunda e terceira semanas de abril, ou seja, a partir do dia 10. As temperaturas começam a cair primeiramente no Sul e, posteriormente, no Sudeste, entre os dias 14 e 15 de abril. Há, ainda, a probabilidade de ocorrência de geadas na Serra da Mantiqueira.

No dia 15, uma segunda massa de ar frio, também intensa, deve ingressar no país, com potencial para reduzir significativamente as temperaturas no Sudeste e Centro-Oeste. No Sul, as temperaturas podem não ultrapassar os 10°C em cidades como Canela e Gramado.

Onda de calor

Quais estados serão afetados pela onda de frio?

Um dos modelos que reforça a previsão de uma frente fria na segunda metade de abril é o ECMWF. Segundo essa projeção, as temperaturas devem ficar abaixo da média nos estados de Santa Catarina, Paraná, Mato Grosso do Sul, São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais. A massa de ar frio também pode alcançar o Nordeste e o Norte do país. Contudo, ainda não é possível afirmar com certeza se o sistema terá força suficiente para avançar além da região Centro-Sul do Brasil. Para o Nordeste, existe a possibilidade de aumento da nebulosidade e redução das temperaturas por volta do dia 15 de abril.

Onda de frio

Conclusão

A previsão de uma onda de frio iminente traz consigo a expectativa de mudanças significativas nas condições climáticas do Brasil para a segunda metade de abril. Com a chegada dessa massa de ar frio, é importante que as pessoas estejam preparadas para enfrentar temperaturas mais baixas, especialmente nas regiões Sul e Sudeste, onde se espera um impacto mais significativo.

...