Estado envia nova remessa com mais de 300 toneladas de donativos ao Rio Grande do Sul

Mais uma grande remessa de donativos foi enviada pelo Governo do Paraná ao Rio Grande do Sul nesta quarta-feira (8). Quinze caminhões deixaram o Centro de Distribuição da Defesa Civil do Paraná, em Curitiba, levando mais de 300 toneladas de itens arrecadados por meio da campanha SOS RS. O governador em exercício Darci Piana acompanhou a saída dos caminhões.

Entre os donativos estão alimentos não perecíveis, itens de higiene pessoal, materiais de limpeza, água, colchões, ração animal e outros. Somando todas as contribuições e doações arrecadadas em todo o Estado, o volume de mantimentos enviados pela campanha às pessoas afetadas pelas chuvas é de cerca de 1 mil toneladas.

“Esta quantidade de doações é fruto de um trabalho coletivo de todos os paranaenses, liderado pela primeira-dama Luciana Saito Massa, que estão se solidarizando com os nossos irmãos gaúchos. Mil toneladas é um volume extraordinário que demonstra nosso sentimento com todos aqueles que estão sofrendo neste momento difícil”, afirmou Darci Piana.

Rio Grande do Sul 2
O Governo do Paraná manda nesta quarta-feira (08) mais 15 caminhões com ajuda humanitária para o Rio Grande do Sul. As doações fazem parte da campanha SOS RS, iniciativa do Gabinete da Primeira-Dama, que conta com o recolhimento de alimentos e outros materiais nas sedes do Corpo de Bombeiros em todo o Paraná. Foto: Geraldo Bubniak/AEN

Para que os caminhões cheguem em segurança ao Rio Grande do Sul, uma escolta foi composta pela Polícia Militar do Paraná, pela Polícia Rodoviária Federal e pelas guardas municipais de Curitiba e São José dos Pinhais. A mobilização também deve garantir que as doações cheguem com mais agilidade ao destino, já que o fluxo em algumas estradas gaúchas está comprometido por causa dos alagamentos.

“A previsão é que este comboio chegue nesta quinta-feira (9) pela manhã a Santa Cruz do Sul, onde está montado um centro de recebimento e distribuição destes donativos. De lá, a Defesa Civil do Rio Grande do Sul faz o encaminhamento dos mantimentos, conforme uma ordem de prioridade estabelecida entre os municípios mais necessitados”, afirmou o coordenador executivo da Coordenadoria Estadual da Defesa Civil, coronel Adriano de Mello.

APOIO 

Antes dos caminhões partirem para o Rio Grande do Sul, uma carta enviada por uma moradora de Loanda, no Noroeste do Paraná, em apoio às pessoas que estão trabalhando nos resgates, foi lida aos voluntários e integrantes da Defesa Civil. A mensagem leva votos de apoio e esperança aos gaúchos afetados pelas chuvas. Ao final da leitura, a carta foi entregue a Darci Piana.

AÇÕES 

A campanha SOS RS compõe uma série de ações que estão sendo feitas pelo Governo do Estado em apoio ao Rio Grande do Sul. Além das doações de alimentos e mantimentos, a Sanepar enviou 5 caminhões-pipa para ajudar as vítimas das chuvas.

Na área da segurança pública, 32 policiais militares, oito viaturas, helicóptero e embarcação foram enviados, além de uma equipe da Polícia Científica com quatro técnicos de perícia e insumos para auxiliar as forças de segurança do Rio Grande do Sul.

Pelo Corpo de Bombeiros, uma nova equipe foi enviada nesta quarta, com 37 bombeiros militares em substituição a equipe paranaense que já atuava na região desde o dia 1º de maio.

COMO AJUDAR 

Por conta da gravidade dos incidentes registrados no Rio Grande do Sul, a campanha de arrecadação de alimentos não perecíveis (inclusive ração animal), água potável, materiais de higiene e limpeza, colchões, colchonetes, cobertores, roupas, roupas de cama e banho, calçados e utensílios domésticos foi prorrogada até o dia 22 de maio. As entregas podem ocorrer nas unidades do Corpo de Bombeiros, das Brigadas Comunitárias e do Instituto Água e Terra. As doações podem ser entregues em qualquer unidade do Corpo de Bombeiros Militar das 8h às 20h.

Devido ao grande volume de doações, o Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil precisam também do auxílio de voluntários para organização dos materiais recebidos para posterior envio ao estado gaúcho. Para se tornar voluntário, a pessoa pode enviar uma mensagem para a Defesa Civil Estadual via WhatsApp para o número (41) 3281-2510, informando nome completo e endereço, que o órgão cuida da sistematização e encaminha a pessoa para a unidade que mais precisa próxima a sua localidade.

SITUAÇÃO 

No boletim divulgado no início da tarde desta quarta-feira (8), o governo do Rio Grande do Sul confirmou 100 mortes em razão dos temporais. Ainda há 128 desaparecidos. Cerca de 230 mil pessoas estão fora de suas casas, sendo 66 mil em abrigos e 163 mil desalojadas, que recebem abrigo nas casas de familiares ou amigos. Ao todo, 417 municípios foram afetados pelas chuvas e alagamentos.

Foto: Geraldo Bubniak/AEN

Leia mais

Tri Fronteira terá a segunda edição do Festival Internacional de Turismo La Frontera

Brasileiros ainda têm R$ 8,02 bilhões esquecidos no sistema financeiro

...