Combate da Coluna Prestes faz 99 anos em Dionísio Cerqueira

Há exatos 99 anos, em 24 de março, um evento marcante ocorria durante a passagem de centenas de soldados pelo município de Dionísio Cerqueira: o Combate da Coluna Prestes na linha Separação.

Esse confronto, que resultou em mais de 200 combatentes mortos, ainda ecoa na história da região como um marco na luta pelo poder e na resistência militar, entrou para a história como um combate contraditório, já que, na verdade, a Coluna Prestes, de fato, não se envolveu diretamente nele. Continue lendo e você vai entender!

Nos dias atuais, a Associação Nacional, em parceria com o poder judiciário da Comarca de Dionísio Cerqueira e uma empresa particular, está promovendo a preservação da memória e a conservação do local onde ocorreu o combate, visando preservar a lembrança desse importante acontecimento histórico.

O Combate da linha Separação

combate da coluna prestes separacao 1

O Combate de Separação ocorreu durante a passagem da Coluna Prestes por Dionísio Cerqueira, em 24 de março de 1925. Este confronto envolveu tropas da força pública gaúcha, lideradas por Claudino Nunes, e da força pública paulista, comandadas por Paim Filho.

O embate, que se deu pelas proximidades da Hípica municipal, resultou em um violentíssimo combate, onde mais de 200 combatentes perderam suas vidas. O fogo amigo foi uma das tristes características desse confronto, onde Luiz Carlos Prestes, ao perceber a aproximação das forças inimigas, fugiu em direção à comunidade de linha Toldo.

O resgate a essa história começou com uma matéria do Jornal da Fronteira em 2009, quando um levantamento de informações foi divulgado, que na época mostrava que o antigo cemitério estava quase que esquecido. Depois disso, a Associação Nacional, de Dionísio Cerqueira, assumiu algumas atividades relativas à conservação do local.

Diante deste trabalho da Associação, o representante do Jornal da Fronteira, Luiz Veroneze, que detinha muitas capsulas de munição do combate e um fragmento de arma de fogo utilizada no confronto, doou os itens para a Associação Nacional, os quais hoje utiliza em suas ações.

Preservando a memória do Combate da Coluna Prestes

combate da coluna prestes separacao 4

Após 99 anos desse acontecimento histórico, a Associação Nacional tem se empenhado em preservar o local do Combate de Separação. Em parceria com o poder judiciário da comarca de Dionísio Cerqueira e uma empresa privada, recursos foram obtidos para realizar uma reforma no local.

“Esta iniciativa busca não apenas manter viva a memória desse evento, mas também proporcionar um espaço adequado para estudos e visitações, permitindo que as futuras gerações conheçam e compreendam a importância desse marco na história local e nacional”, comentou Cleiton Weizenmann, presidente da Associação Nacional.

Evento comemorativo com o grupo de Escoteiros

combate da coluna prestes separacao 2

Para marcar os 99 anos do Combate de Separação, um evento especial foi realizado em conjunto com o Grupo Escoteiro Tri-Fronteira. Uma caminhada pelos locais onde ocorreu o combate foi organizada, contando com a participação de 20 escoteiros e 7 chefes escoteiros. Além disso, o grupo de detectorismo Oeste Catarinense, parceiro da Associação Nacional, esteve presente, realizando incursões pelo local e encontrando artefatos do combate, como fragmentos de armas e munições.

Durante o evento, o presidente da Associação, Cleiton Weizenmann falou sobre a história da Colunas Prestes e como transcorreu esse combate.

“Através destas explanações, junto ao jovens, a gente perpetua a história e mantém viva a memória do passado, valorizando o legado deixado por aqueles que lutaram nesse importante episódio da história brasileira”, comentou ele.

O Combate de Separação, ocorrido há 99 anos em Dionísio Cerqueira, é um marco na história do Brasil. Através da iniciativa da Associação Nacional, em parceria com outras entidades e grupos locais, a memória desse evento está sendo preservada e valorizada.

A reforma no local do combate e os eventos comemorativos demonstram o compromisso em manter viva a história e em honrar aqueles que lutaram bravamente nesse episódio tão significativo. Que essas ações inspirem as futuras gerações a valorizarem e respeitarem o legado deixado pelos heróis do passado.

O Combate a linha Maria Preta

Outro combate da Coluna Prestes importante, talvez tão importante quanto esse outro da linha Separação, aconteceu na linha Maria Preta, também em Dionísio Cerqueira. Este combate foi entre os soldados de Claudino Nunes e os soldados de Luiz Carlos Prestes.

Neste combate, padeceram mais de 20 soldados, que foram sepultados no alto das colinas, ladeando as trincheiras utilizadas no confronto.

Conclusão

A Coluna Prestes teve um impacto enorme na formação política e social do Brasil, tendo, ao longo dos anos seguintes, desencadeado uma série de conquistas, especialmente depois do governo de Getúlio Vargas. Embora tenha tido seus dissabores, o movimento foi positivo para que o país fosse de fato levado à sério pelos governantes da época.

...