O calor deixa as pessoas mais irritadas?

Será que o calor nos deixa mais irritados? Um estudo realizado pela Faculdade de Psicologia da UNAM sugere que sim. De acordo com pesquisadores, o aumento da temperatura está correlacionado com um aumento nos comportamentos destrutivos e nos níveis de violência.

O papel do hipotálamo

Mario Alberto Arias García, acadêmico da Faculdade de Psicologia da UNAM, explica que as altas temperaturas podem modular regiões cerebrais responsáveis por regular o estado de ânimo, incluindo comportamentos agressivos e depressivos. O hipotálamo, uma parte importante do cérebro, é particularmente afetado pelo calor. Ele é dividido em duas partes: a dorsal, que controla a sensação de temperatura, e a ventral, que regula as emoções, especialmente o comportamento agressivo.

Evidências e estatísticas

Estudos estatísticos e epidemiológicos mostram um aumento tanto em eventos depressivos quanto em agressões quando a temperatura aumenta em diferentes regiões do mundo. Segundo o doutor em Neurociências, até mesmo um aumento de um grau pode levar a um aumento de até 5% na taxa de violência.

calor

O aumento do calor pode manifestar-se através de sinais como estresse, ansiedade e perturbação do sono, afetando a atenção e a memória.

Recomendações para lidar com a irritabilidade pelo calor

Para evitar a irritabilidade causada pelo calor, é recomendado:

  • Permanecer à sombra
  • Usar roupas leves que permitam regular a temperatura corporal
  • Evitar exposição ao calor durante as horas mais quentes do dia
  • Manter-se bem hidratado
  • Consumir frutas e legumes
  • Evitar o consumo de álcool, pois aumenta o risco de comportamentos violentos.

O futuro do aquecimento global

Fausto Quintana Solórzano, coordenador do Centro de Relações Internacionais da Faculdade de Ciências Políticas e Sociais da UNAM, destaca que o aquecimento global se intensificará nos próximos anos, de acordo com estudos. Isso significa que devemos estar atentos às consequências sociais desse fenômeno, especialmente nas áreas urbanas onde a escassez de áreas verdes agrava os efeitos do calor.

Conclusão

O calor não apenas afeta nosso conforto físico, mas também nosso estado de ânimo e comportamento. Conscientizar-se dos efeitos do calor e adotar medidas para mitigar seu impacto é crucial para promover um ambiente mais saudável e seguro para todos.

...