Qualidade declinante dos Pendrives revelada por estudo alemão

A empresa CLB Data Recovery, especializada em recuperação de arquivos, lançou luz sobre um problema crescente: a qualidade questionável dos chips de memória presentes em pen drives. Contrariando a ideia de que é apenas uma impressão, a CLB identificou que os pen drives estão de fato se deteriorando devido ao uso de chips reprovados nos testes de qualidade.

A investigação realizada pela CLB Data Recovery revelou que uma parcela significativa dos chips de memória reprovados nos rigorosos testes de qualidade é revendida e utilizada na fabricação de pen drives. Esses chips, provenientes de fabricantes renomados como SK Hynix, Sandisk e Samsung, encontram seu caminho para o mercado de dispositivos de armazenamento, comprometendo a confiabilidade e a durabilidade dos produtos finais.

Embora a CLB não atribua diretamente a responsabilidade às fabricantes de chips, ela destaca que parte dos pen drives defeituosos é comercializada sob marcas reconhecidas, enquanto outra parte é distribuída como brindes por empresas, muitas vezes sem qualquer indicação de sua origem duvidosa.

Além da qualidade inferior dos chips, a CLB aponta que os pen drives fabricados com esses componentes apresentam uma vida útil ainda mais reduzida. Em especial, os dispositivos que utilizam memória flash NAND com tecnologia QLC tendem a ter uma durabilidade comprometida. Essa tecnologia, cada vez mais comum em produtos de armazenamento, pode resultar em pen drives com uma vida útil surpreendentemente curta, mesmo para uso cotidiano.

Outro aspecto alarmante descoberto pela CLB é a prática de alguns fabricantes de pen drives de utilizar cartões microSD como chips de memória. Esta gambiarra consiste em soldar os cartões diretamente na placa do dispositivo, contornando o uso do chip controlador próprio do microSD e optando por um controlador externo. O resultado é uma maior propensão à perda de arquivos e uma confiabilidade questionável, especialmente em situações em que a praticidade do pen drive é fundamental.

Diante desse cenário preocupante, a CLB oferece algumas recomendações para os usuários:

  1. Evite Pen Drives de Origem Duvidosa: Procure adquirir pen drives de marcas confiáveis e reconhecidas, evitando produtos de procedência desconhecida ou duvidosa.
  2. Faça Backups Regulares: Mesmo em dispositivos confiáveis, é essencial realizar backups periódicos para garantir a segurança de seus arquivos.
  3. Utilize Pen Drives de Brinde com Cautela: Caso receba um pen drive como brinde, evite armazenar arquivos importantes nele. Reserve-o apenas para documentos ou dados que não representem um grande risco em caso de perda.
  4. Mantenha-se Atento aos Sinais de Falha: Esteja atento a sinais de falha no seu pen drive, como lentidão, erros frequentes ou perda repentina de dados. Caso detecte algum problema, procure imediatamente um serviço especializado em recuperação de dados.

Diante das informações reveladas pela CLB Data Recovery, fica evidente a importância de estar consciente sobre a qualidade dos dispositivos de armazenamento que utilizamos no dia a dia. A segurança dos nossos dados depende, em grande parte, da confiabilidade dos componentes que compõem esses dispositivos.

...