Por que 1º de maio é Dia do Trabalho? Saiba a origem da data

Abrindo o mês de maio, no dia 1, uma quarta-feira, é celebrado o Dia do Trabalho, data criada para celebrar a importância do trabalhador para a construção da sociedade. O feriado nacional, que é muito popular no Brasil, é celebrado em diversos países do mundo.

Por aqui, o 1º de Maio começou a ganhar importância no final do século XIX. As primeiras manifestações trabalhistas no Brasil surgiram em 1891, organizadas principalmente por militantes socialistas. As reivindicações, além de melhores condições trabalhistas, eram também contra a república recém instaurada no país.

Por que 1º de maio é Dia do Trabalho?

A celebração do Dia do Trabalhador se iniciou ano final século XIX em movimentos trabalhistas que atuavam em Chicago, nos Estados Unidos. Durante a Revolução Industrial, a precarização do trabalho nas fábricas era gigantesca e esses movimentos reivindicavam melhorias nas condições.

Nesse período era comum que trabalhadores fossem colocados em jornadas degradantes, superiores até 12 horas por dia. Eles não possuíam direitos a descanso, e a falta de segurança e salários baixos eram características marcantes.

Foi então que no dia 1º de maio de 1886, surgiram diversos protestos em Chicago, reivindicando sobretudo, a redução da jornada de trabalho para oito horas por dia. Após muita repressão e protestos que duraram até o dia 4, diversos manifestantes morreram e os líderes dos movimentos foram condenados à prisão.

O dia 1º de maio foi considerado feriado apenas em 1919, na França, após a jornada de oito horas diárias ter sido ratificada por lei. Em seguida, esse dia transformou-se em feriado também na Rússia, no ano de 1920. No Brasil, o feriado surgiu no final do século XIX.

Por que se comemora o dia 1º de maio?

O dia 1º de maio é considerado dia do trabalhador em diversas nações do mundo. A data é referente a manifestações ocorridas em Chicado no ano de 1886, em que movimentos trabalhistas reivindicavam melhorias nas condições de trabalho nas fábricas.

1º de maio é feriado ou ponto facultativo?

O Dia 1º de maio é considerado feriado nacional, de acordo com a lei Portaria do Primeiro-Secretário nº 32, de 2021 do Senado Federal.

Dia do Trabalho no Brasil

No Brasil, o 1º de maio passou a ser celebrado por trabalhadores de maneira espontânea no começo do século XX. As celebrações eram fortemente influenciadas pelos ideais anarquistas e socialistas, sendo momentos de engajamento político dos trabalhadores.

A celebração do 1º de maio tornou-se oficial durante o governo de Artur Bernardes, presidente entre 1922 e 1926. O então presidente oficializou a celebração dessa data por meio do decreto nº 4.856, assinado em 26 de setembro de 1924. Com o decreto, a data passou a ser feriado nacional.

Posteriormente, o 1º de maio foi explorado pela política trabalhista de Getúlio Vargas. Esse presidente tentou se aproximar do trabalhador por meio de benefícios dados pelo governo em uma tentativa de tutelar os trabalhadores, mantendo-os afastados da influência de movimentos de trabalhadores socialistas.

Além disso, era uma forma de Vargas conquistar apoio popular. Essa proximidade de Vargas se manifestou por meio de benefícios, eventos públicos, discursos voltados aos trabalhadores, desfiles cívicos, entre outros.

Em virtude da lei nº 10.607, de 19 de dezembro de 2002, o Dia do Trabalho ou Dia do Trabalhador ainda é feriado nacional no Brasil.

Dia do Trabalho no mundo

O 1º de maio é uma data comemorativa celebrada em diferentes partes do planeta, sempre com o sentido de ser uma homenagem aos trabalhadores, considerando seu engajamento e luta por dignidade e valorização. A data é celebrada como feriado nacional em alguns países, como:

  • Argentina
  • Colômbia
  • França
  • Espanha
  • Rússia

Nos Estados Unidos, há uma celebração aos trabalhadores, mas ela não acontece no 1º de maio, mas, sim, na primeira segunda-feira do mês de setembro. O 1º de maio foi transformado nos Estados Unidos no Loyalty Day (Dia da Lealdade), uma data com sentido patriótico para celebrar os veteranos de guerra. Essa mudança aconteceu como forma de enfraquecer a influência socialista da celebração do Dia do Trabalhador.

trABALHO

Leia mais

Veja 9 livros contemporâneos de alta qualidade para leitores inteligentes

As 11 principais lendas do Brasil e como refletem o espírito de seu povo

...