Paraná envia mais de 190 toneladas de donativos ao Rio Grande do Sul

O Paraná enviou na manhã desta segunda-feira (6) mais de 190 toneladas de donativos às vítimas de enchentes no Rio Grande do Sul. São alimentos não perecíveis, itens de higiene pessoal, materiais de limpeza, água e telhas arrecadados por meio da campanha SOS RS, liderada pela primeira-dama Luciana Saito Massa e operacionalizada pela Coordenadoria Estadual da Defesa Civil.

Assuntos Relacionados:

Além das doações das pessoas e empresas participantes da campanha, o Estado também encaminhou 800 colchões e kits com cobertores e travesseiros cedidos pela Defesa Civil do Paraná e 1,5 mil caixas de copos de água doadas pela Sanepar.

“Tivemos uma arrecadação recorde desde o início da campanha, o que mostra a solidariedade, compaixão e empatia do povo paranaense com nossos irmãos gaúchos. Esta campanha seguirá por mais alguns dias, enquanto for necessário manter essa corrente positiva em prol destas pessoas que tanto precisam da nossa ajuda”, afirmou a primeira-dama.

AJUDA 

Ao todo, 15 caminhões partem de Curitiba, Londrina, Cascavel, Toledo, Marechal Cândido Rondon e Loanda com os donativos durante esta segunda-feira.

Além de um caminhão carregado de colchões e kits dormitórios e outro com água, uma carreta leva exclusivamente cerca de 30 toneladas de telhas, que vão ajudar na reconstrução das casas destruídas pelas tempestades nas regiões mais críticas do Rio Grande do Sul.

Os outros 12 caminhões, com cerca de 160 toneladas no total, levam itens diversos, entre alimentos, produtos de limpeza e itens de higiene. Os caminhões têm como destino as bases logísticas da Defesa Civil do Rio Grande do Sul, em Porto Alegre e Santa Cruz do Sul, que farão a distribuição dos materiais e alimentos para as cidades que mais precisam.

Parana
Curitiba, 06 de maio de 2024 – O Governo do Paraná, por meio da Defesa Civil, envia caminhões com donativos para as vítimas do Rio Grande do Sul.

“É importante que a população siga se mobilizando. Continuamos fazendo o recolhimento das doações em todo o Estado e faremos novas remessas ao longo dos próximos dias”, afirmou o coordenador estadual da Defesa Civil, o tenente-coronel Fernando Raimundo Schünig.

As doações da campanha SOS RS podem ser feitas nos quartéis do Corpo de Bombeiros e nas sedes das Brigadas Comunitárias.

A estimativa da Defesa Civil é que cerca de 300 toneladas de doações estão em fase de separação para que sejam enviadas ao Rio Grande do Sul ao longo da semana.

Além disso, a Central de Abastecimento do Paraná (Ceasa-PR) está se mobilizando junto ao Sindicato dos Permissionários (Sindaruc) para doar alimentos secos e água.

MOBILIZAÇÃO 

A ajuda do Governo do Paraná à população afetada pelos desastres climáticos no Rio Grande do Sul acontece em várias frentes. Na quarta-feira (1), uma equipe com 32 integrantes do Corpo de Bombeiros do Paraná foi enviada para ajudar nos resgates às vítimas ilhadas pelas enchentes. Uma aeronave do Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas também foi mobilizada para auxiliar nesse trabalho.

No domingo (5), um avião da Casa Militar do Governo do Paraná levou bolsas de nutrição parental (NPT) a crianças internadas em hospitais de Santa Maria e Santiago, no Rio Grande do Sul.

Fotos: Roberto Dziura Jr/AEN

Leia mais

Mercado reduz projeção de inflação e prevê crescimento da economia

Equipe da Polícia Científica catarinense vai ajudar na identificação de vítimas no Rio Grande do Sul

Quase 850 mil pessoas foram afetadas por chuvas no Rio Grande do Sul

Avião da Casa Militar leva alimento especial para crianças internadas no Rio Grande do Sul

Com resgates aéreos e barcos, forças do Paraná ajudaram 150 pessoas no Rio Grande do Sul

Semana começa com tempo firme em SC

...