Palmeiras enfrenta San Lorenzo com escalação alternativa na Libertadores

(Foto: Fabio Menotti/Palmeiras)

O técnico Abel Ferreira, do Palmeiras, está preparado para encarar o desafio da estreia na Copa Libertadores, mesmo diante de uma agenda lotada e com a final do Paulistão se aproximando. Após a derrota por 1 a 0 para o Santos no primeiro embate da final estadual, Ferreira planeja levar um time alternativo ao gramado do Nouvo Gasómetro, em Buenos Aires, onde o Palmeiras enfrentará o San Lorenzo, às 21h30, pela rodada inicial do torneio sul-americano.

Como de costume, o treinador português mostrou irritação com o calendário sobrecarregado, ressaltando a necessidade de equilibrar o esforço dos jogadores em meio a tantas competições. Referindo-se até mesmo a Pep Guardiola para expressar sua insatisfação, Ferreira destacou: “Nossa equipe, muitas vezes, entra para jogar a 70% da energia. Se vocês não acreditam no que eu digo, e como todos aqui acham que o que é de fora é bom, ouçam as reclamações do Guardiola sobre o calendário. Não há como. Não é desculpa, é fato”.

Palmeiras: Novidades e Estratégias

A partida contra o San Lorenzo reserva algumas novidades na escalação do Palmeiras. A principal delas é a presença de Rômulo, pelo menos no banco de reservas. O jovem meia de 22 anos, contratado após se destacar pelo Novorizontino no Campeonato Paulista, pode ter sua oportunidade de brilhar pelo clube.

Abel Ferreira também trabalha com a ideia de utilizar Gabriel Menino como homem mais adiantado no meio de campo, em uma formação com Fabinho e Richard Ríos. Além disso, há expectativa de que o talentoso Estêvão, de apenas 16 anos, ganhe mais minutos em campo no ataque.

Desafios e Recordes

O Palmeiras entra em sua nona participação consecutiva na Libertadores, mostrando sua consistência e tradição no cenário sul-americano. Com 24 edições disputadas, o clube é o recordista brasileiro em número de jogos, vitórias e gols no torneio continental.

Palmeiras
Fabio Menotti/Palmeiras

Em 2024, o objetivo é claro: conquistar o quarto título e se tornar o maior campeão brasileiro na história da Libertadores. Com o Flamengo, São Paulo, Grêmio e Santos como concorrentes, o Palmeiras busca se isolar no topo do ranking de campeões.

Confronto com o San Lorenzo

O adversário desta quarta-feira, o San Lorenzo, representa um desafio em busca desse objetivo. Apesar de ser o clube com o Papa Francisco como torcedor ilustre, o San Lorenzo possui apenas um título da Libertadores, conquistado em 2014.

O time argentino enfrenta o Palmeiras após uma derrota por 2 a 1 para o Boca Juniors, em jogo pela Copa da Liga Argentina. Sem poder contar com o treinador Rubén Darío Insua no banco de reservas, suspenso pela expulsão em duelo anterior, o San Lorenzo busca se reerguer diante do desafio continental.

Ficha Técnica

San Lorenzo x Palmeiras

San Lorenzo: Facundo Altamirano; Gonzalo Lujan, Jhohan Romaña, Gastón Campi e Malcom Braida; Agustín Giay, Ivan Leguizamon, Elián Mateo Irala, Nahuel Barrios e Cristian Ferreira; Adam Bareiro (Cristian Tarragona). Técnico: Rubén Darío Insua.

Palmeiras: Marcelo Lomba; Garcia, Gustavo Gómez, Naves (Luan) e Vanderlan (Caio Paulista); Fabinho, Richard Ríos e Gabriel Menino (Rômulo); Lázaro, Breno Lopes (Estêvão) e Rony. Técnico: Abel Ferreira.

Árbitro: Jesus Valenzuela (VEN).

Horário: 21h30.

Local: El Nuevo Gasómetro, Buenos Aires.

Neste embate entre dois gigantes do futebol sul-americano, o Palmeiras busca iniciar sua jornada rumo ao tão almejado título, enquanto o San Lorenzo tenta reafirmar sua presença no cenário continental. A expectativa é de um jogo intenso e emocionante, onde cada lance pode definir o destino das equipes nesta Copa Libertadores de 2024.

Com uma agenda desafiadora e a determinação de Abel Ferreira em equilibrar o elenco, o Palmeiras enfrenta o San Lorenzo em busca de uma vitória na estreia da Libertadores. Em um confronto marcado pela história e pela busca por glórias, ambas as equipes entrarão em campo dispostas a deixar sua marca neste torneio continental.

Terra
...