Os 10 livros da literatura universal mais vendidos nos últimos 100 anos

Autor: Luiz Veroneze – MTB 9830/PR

Para quem gosta das chamadas listas, apresentamos mais uma sobre livros. Na verdade, dizem que as pessoas leem muito pouco hoje em dia, talvez seja verdade. Entretanto, muita gente ainda lê e adora comprar livros.

Acredito que esta é mais uma lista polêmica, da qual alguns dirão: Cadê Shakespeare? Cadê Harold Robbins e Danielle Steel? Mas note, estamos falando de livros mais vendidos, não de escritores mais vendidos.

Livros são uma paixão, pois despertam o cérebro para a simples (e complexa) tarefa de pensar. Alguns livros, por mais tempo que tenham sido escritos, são de vanguarda, são atuais. O mundo está em plena mudança, mudança a todo momento; entretanto, visitar mundos remotos, momentos do passado, ideias de outrora, nos colocam em alinhamento com os livros.

Alguns livros são imortais, estarão sempre válidos, sempre procurados onde quer que você esteja na linha do tempo – há 100 anos (passado), ou á 100 anos (futuro).

Esta não é uma lista dos melhores livros, é uma lista dos mais vendidos. E alguns dos mais vendidos refletem a mentalidade de uma década, como é o caso do Harry Potter, por exemplo. É um livro comercial, não erudito. Eu não o guardaria para a eternidade, mas consta nesta lista. Ou melhor dizendo, todos os livros eu guardaria para a eternidade.

É importante entender o conceito de que, ao longo dos últimos 100 anos, a literatura universal foi marcada por obras que não apenas capturaram a imaginação de leitores em todo o mundo, mas também alcançaram números impressionantes de vendas.

Estes livros atravessaram fronteiras e gerações, consolidando-se como best-sellers globais. Portanto, tendo dito isto, vamos explorar dez desses títulos que se destacam na lista dos mais vendidos, oferecendo uma viagem fascinante através de diferentes gêneros e épocas.

1. Dom Quixote, de Miguel de Cervantes

Classicos Autor Vero 3

Uma obra-prima da literatura espanhola, este clássico conta as aventuras do cavaleiro Don Quixote e seu fiel escudeiro, Sancho Panza, misturando realidade e fantasia de forma inovadora. Não existe biblioteca que se preze, que não tenha um exemplar de Dom Quixote, ou até mesmo dois. O exemplar clássico ilustrado de Gustave Doré é o meu preferido, mas não desprezo, jamais, a obra com os desenhos do eterno pintor brasileiro, Candido Portinari.

2. Um Conto de Duas Cidades, de Charles Dickens

Outro romance histórico de tirar o fôlego, que exige um pouco de compreensão da época antes de se ler. O livro é ambientado em Londres e Paris durante a Revolução Francesa, é conhecido por sua abertura icônica e explora temas de sacrifício e redenção. Um livro frequente em todas as listas em que se trata da qualidade literária.

3. O Senhor dos Anéis, de J.R.R. Tolkien

Uma trilogia épica de fantasia, rica em mitologia e linguagem inventiva, que revolucionou o gênero e continua a encantar leitores de todas as idades. Muita gente conheceu este autor depois dos filmes, fator este que impulsionou as vendas deste fantástico em todo o mundo.

4. O Pequeno Príncipe, de Antoine de Saint-Exupéry

Tão sutil, que é uma obra-prima. Uma fábula para crianças e adultos, esta obra encantadora conta a história de um jovem príncipe que viaja pelo universo, explorando temas de amor, perda e solidão. Este enredo cativou o mundo e movimentou bilhões, e continua por mais de 50 anos entre os livros mais vendidos do mundo.

5. Harry Potter, de J.K. Rowling

Esta série de sete livros, que narra as aventuras de um jovem bruxo, tornou-se um fenômeno global, cativando crianças e adultos com seu mundo mágico e personagens memoráveis. A saga do jovem bruxo criou uma legião de fãs, que mantém as engrenagens comerciais girando sempre.

6. O Código Da Vinci, de Dan Brown

Este thriller que mistura história da arte, religião e teorias da conspiração, cativou leitores ao redor do mundo com sua narrativa repleta de suspense e mistério. Assim como outros nesta lista, da atualidade, este livro ganhou o mundo após o filme com Tom Hanks, tornando-se um fenômeno de vendas.

Classicos Autor Vero 2

7. O Alquimista, de Paulo Coelho

Enfim, um brasileiro na lista. O que dizer deste livro? É parábola inspiradora sobre seguir os próprios sonhos e escutar o coração que alcançou uma audiência global, sendo traduzida em dezenas de idiomas. Um livro escrito para mostrar uma mensagem, não demonstrar profundidade filosófica. É um livro que ganhou o mundo por um mérito muito simples: é capaz de mudar vidas.

8. Cem Anos de Solidão, de Gabriel García Márquez

Esta obra de realismo mágico, que conta a história da família Buendía na fictícia Macondo, é uma das mais importantes da literatura latino-americana. García Márquez não escreveu este livro, neste mundo. Ele foi conduzido por uma dimensão superior, e soube capturar muito bem a atmosfera. Só lendo para entender, e por isto, milhões de pessoas já leram, colocando Cem Anos de Solidão entre os mais vendidos dos últimos 100 anos.

9. O Caso dos Dez Negrinhos, (também conhecido como E Não Sobrou Nenhum), de Agatha Christie

A rainha do mistério, que escreveu quase 100 livros, não podia ficar de fora. É uma categoria que capturou milhões de fãs. Neste livro, especificamente, temos um mistério intrigante, considerado um dos melhores romances de crime de todos os tempos, mantendo os leitores presos até sua conclusão surpreendente.

10. O Diário de Anne Frank, de Anne Frank

Este diário comovente, escrito por uma jovem judia durante a Segunda Guerra Mundial, oferece uma perspectiva íntima e humana dos horrores do Holocausto. Não tem como, após ler este livro, não chorar com a ruptura de futuro tão prodigioso, como teria Anne Frank, se não tivesse morrido nos campos de concentração. E por isso esse livro vendeu tanto, e continua um sucesso, permanentemente.

Estes dez livros representam mais do que meros best-sellers, são testemunhos da habilidade da literatura de transcender culturas, línguas e gerações.

Eles nos lembram do poder das palavras em moldar, desafiar e enriquecer nossa compreensão do mundo e de nós mesmos. Através de suas páginas, somos convidados a explorar territórios desconhecidos, confrontar nossa humanidade e celebrar a arte da narrativa.

Obviamente que é tênue a linha que separa estes 10 livros de outros igualmente best-sellers. Sem sombra de dúvidas poderiam citar outros livros, talvez até mais cativantes que alguns que estão na listagem acima, mas que por uma questão de tempo, ou de origem, não tiveram a mesma oportunidade de vender mundo afora.

Portanto, toda lista, de certa forma, é injusta. Mas é necessária para que possamos exercitar o que a leitura faz muito bem para o corpo e para a alma, que é estimular o ato de pensar.

...