O enigma das ruínas ancestrais de 200.000 anos existentes na África do Sul

Em meio à paisagem pitoresca de Machadodorp, também conhecida como eNtokozweni ou “Lugar de Felicidade”, jaz um mistério arqueológico que tem confundido historiadores e cientistas por gerações. As Ruínas Bakoni, com suas milhares de estruturas de pedra espalhadas pelas colinas, representam não apenas um enigma histórico, mas também uma janela para a alma antiga da África do Sul. Este artigo mergulha nas profundezas desse mistério, explorando as origens, teorias e significados dessas estruturas enigmáticas.

Machadodorp, situada a uma curta distância da meca da pesca com mosca de Dullstroom, emergiu ao longo dos anos como um destino popular por mérito próprio. Além de ser um paraíso para os entusiastas da pesca, a cidade ganhou fama por um motivo muito mais misterioso: as Ruínas Bakoni.

As enigmáticas ruínas Bakoni

Descritas como a cidade perdida da África do Sul, as Ruínas Bakoni consistem em um labirinto de muros de pedra que adornam as colinas ao redor de Machadodorp. Acredita-se que essas estruturas sejam vestígios da tribo Bakoni, que se pensa ter habitado a região no século XVIII. No entanto, as ruínas em si datam de uma época muito mais remota, possivelmente ligadas à “Eva mitocondrial”, sugerindo uma origem que remonta a 200.000 anos atrás.

bakoni

As ruínas têm sido objeto de debate acalorado e teorias controversas. Enquanto alguns veem nelas um simples conjunto de currais de gado, outros, como o autoproclamado cientista Michael Tellinger, propõem ideias mais radicais. Tellinger sugere que as estruturas foram utilizadas para converter a frequência sonora da Terra em energia, possivelmente para a mineração de ouro. Da mesma forma, o Dr. Cyril Hromnik teoriza que comerciantes da Índia podem ter construído os terraços como relógios astrológicos, influenciando profundamente a cultura local.

O legado das ruínas

Apesar das diversas teorias, as Ruínas Bakoni permanecem um símbolo da rica história e diversidade cultural da África do Sul. Elas atraem arqueólogos e turistas de todo o mundo, ansiosos por desvendar seus segredos ou simplesmente maravilhar-se com sua antiguidade e beleza. A região oferece não apenas uma oportunidade de explorar essas estruturas fascinantes, mas também de imergir na natureza e na cultura locais.

As Ruínas Bakoni de Machadodorp são mais do que meras relíquias do passado; elas são um convite à curiosidade, à exploração e ao maravilhamento. Em meio a teorias científicas e especulações extraterrestres, essas estruturas de pedra continuam a ser um testemunho do rico tapeçário da história humana na África do Sul. Seja como parte de uma aventura em Dullstroom ou como um destino em si, Machadodorp oferece uma jornada única ao coração de um dos maiores mistérios arqueológicos do mundo. Talvez, em sua próxima visita, você possa encontrar a chave que desvendará os segredos das Ruínas Bakoni.

...