Mistérios da milenar cidade perdida dos Maias

Vamos desvendar Palenque, uma cidade maia situada no coração da selva tropical, no Estado de Chiapas, sul do México, permanece como um dos sítios arqueológicos mais enigmáticos e fascinantes. Ao longo dos anos, arqueólogos têm desvendado os segredos dessa antiga civilização, revelando uma capital regional repleta de mistérios e conquistas. Neste artigo, mergulharemos na história de Palenque e exploraremos as realizações notáveis ​​dos maias, que deixaram sua marca na América Central e no México.

O Esplendor de Palenque

pelenque

Por volta de 100 a.C., os maias escolheram Palenque como seu lar, e a cidade atingiu seu apogeu entre os anos 600 e 800 d.C., tornando-se uma capital regional próspera. Hoje, muitas das construções majestosas de Palenque permanecem escondidas dentro da densa vegetação da mata tropical, testemunhas silenciosas de um passado glorioso.

O Templo das Inscrições e o Legado de Pakal

Entre as estruturas mais impressionantes de Palenque está o Templo das Inscrições, que abriga o túmulo de Pakal, um dos governantes mais importantes da cidade. Erguido durante os 68 anos de seu governo, o templo revelou uma cripta funerária surpreendente no interior da pirâmide. Muitos objetos e joias descobertos na tumba estão agora em exibição no Museu Nacional de Antropologia, na Cidade do México.

O Majestoso Palácio e suas Esculturas

cidade perida maia

Ao lado do Templo das Inscrições, encontra-se o Palácio, uma construção retangular impressionante com 100 metros de comprimento, 80 metros de largura e 10 metros de altura. Resultado da influência de vários governantes maias ao longo do tempo, o Palácio guarda esculturas e inscrições que revelam detalhes sobre a história e a cultura da civilização maia.

A Brillante Civilização Maia

A civilização maia se destacou em diversos campos do conhecimento, como escrita, matemática, medicina, arquitetura, artes e astronomia. Seu domínio astronômico permitiu o desenvolvimento de informações vitais para a agricultura, como o calendário anual e a sequência das estações do ano. A escrita maia era altamente sofisticada, permitindo a transcrição completa da linguagem, e seu sistema numérico permitia operações matemáticas avançadas.

O Legado dos Maias

Quando os espanhóis chegaram às Américas no século XVI, a civilização maia já havia desaparecido, com suas cidades abandonadas. No entanto, o conhecimento maia sobreviveu nos monumentos e na arquitetura das antigas cidades. Embora a civilização tenha se extinguido, o povo maia continua vivo na América Central, preservando tradições e crenças, e algumas comunidades ainda falam o idioma maia original.

Palenque, a cidade perdida dos maias, oferece um vislumbre fascinante de uma das civilizações mais notáveis ​​da história. Através de suas realizações nas áreas da arquitetura, escrita, matemática e astronomia, os maias deixaram um legado duradouro que continua a despertar admiração e curiosidade até os dias atuais. Explorar as ruínas de Palenque é embarcar em uma jornada ao passado, descobrindo os feitos magníficos de uma cultura brilhante que moldou a história da América Central.

...