Inscrição antiga em pedra revela devoção a Jesus Cristo em Israel

Em uma emocionante descoberta arqueológica na aldeia de et-Taiyiba, situada no Vale de Megido, arqueólogos revelaram uma inscrição em pedra que faz referência a Jesus Cristo. Essa descoberta, feita há alguns anos, foi recentemente relembrada pela Autoridade de Antiguidades de Israel, e revela detalhes intrigantes sobre o período bizantino na região. Neste artigo, exploraremos a importância dessa inscrição e seu significado histórico.

A Inscrição em Pedra:

A inscrição em pedra foi encontrada na entrada de um edifício que remonta ao final do século 5, durante o período bizantino ou islâmico primitivo na região. Escrita em grego, a inscrição é uma dedicatória ao Jesus bíblico e diz: “Cristo nasceu de Maria. Esta obra do mais temente a Deus e piedoso bispo [Teodósio] e do miserável Th[omas] foi construída desde a fundação. Quem entrar deve orar por eles.”

A Pesquisa da Dra. Leah Di-Segni:

A Dra. Leah Di-Segni, pesquisadora do Instituto de Arqueologia da Universidade Hebraica de Jerusalém, destaca a importância da inscrição ao identificar Teodósio, o fundador do edifício, como um dos primeiros bispos cristãos da região. Ele também detinha autoridade religiosa na cidade de Bet She’an, que serviu como capital da província bizantina de Palaestina Secunda. Essa conexão histórica torna a inscrição ainda mais significativa.

Proteção Contra o Mau-Olhado:

Os pesquisadores explicam que a inscrição tinha o propósito de proteger contra o mau-olhado, uma crença comum na época. Essa prática já foi encontrada em outros locais do mundo bizantino, destacando a importância da descoberta.

O Significado Histórico:

A descoberta dessa inscrição é de grande importância histórica, uma vez que é a primeira evidência da existência da igreja bizantina na aldeia de et-Taiyiba. Isso acrescenta-se a outras descobertas que confirmam a presença e as atividades dos cristãos que viveram na região durante esse período histórico. Além disso, é uma janela fascinante para o contexto religioso e cultural da época.

A inscrição de 1.500 anos com uma dedicatória a Jesus descoberta em Israel é um achado arqueológico que lança luz sobre o passado cristão na região e destaca a importância histórica de figuras como Teodósio. Essa descoberta fascinante reforça a rica herança cultural e religiosa que moldou a história de Israel. É um lembrete vívido de como a arqueologia continua a revelar segredos do passado, enriquecendo nosso entendimento das civilizações que nos precederam.

...