Extraordinária cidade antiga com 10 mil anos é desenterrada pelos arqueólogos

A história da humanidade é repleta de enigmas e descobertas que nos levam a repensar o nosso passado. Recentemente, pesquisadores fizeram uma descoberta extraordinária perto de Jerusalém, revelando um assentamento de mais de 10 mil anos, que data da Idade da Pedra, antes mesmo de Stonehenge e das icônicas pirâmides do Egito. Este artigo mergulha profundamente na incrível revelação arqueológica que está agitando o mundo da pesquisa histórica.

A descoberta de um assentamento pré-histórico com mais de 10 mil anos de idade, localizado a apenas 5 quilômetros da capital de Israel, é um marco significativo na arqueologia. Os pesquisadores, liderados pela arqueóloga Lauren Davis, estão chamando essa escavação de “a maior do período no Oriente Médio”, e com razão. Inicialmente, o assentamento era relativamente pequeno, ocupando apenas cerca de um acre. No entanto, ao longo de 1,5 mil anos, ele se expandiu para impressionantes 100 acres, tornando-se um centro urbano com edifícios destinados a rituais.

Os artefatos encontrados nesse assentamento pré-histórico são verdadeiramente fascinantes e lançam luz sobre os costumes e a vida dos antigos habitantes. Entre as descobertas notáveis estão braceletes e medalhões que testemunham a exotismo da cultura da época. A presença de objetos feitos de uma pedra desconhecida e a identificação de materiais vulcânicos da Ásia Menor e conchas do Mar Mediterrâneo indicam relações de troca sofisticadas com outras regiões.

As escavações revelaram também partes de flechas e uma variedade de ferramentas de caça, incluindo machados e lanças. Essas evidências sugerem que os habitantes do assentamento eram habilidosos caçadores, antes de se tornarem sedentários. Além disso, o local servia para a agricultura, onde culturas como trigo, feijão e cevada eram plantadas, e animais como porcos, vacas e cabras eram criados. Esse estilo de vida diversificado destaca a complexidade da sociedade neolítica que floresceu na região.

A descoberta desse assentamento pré-histórico próximo a Jerusalém é, sem dúvida, uma das maiores revelações arqueológicas dos últimos tempos. Os pesquisadores estão entusiasmados com a oportunidade de aprofundar o nosso entendimento sobre o neolítico e a vida dos antigos habitantes da região. Essa descoberta reescreve a história, destacando a importância desse assentamento na evolução da humanidade, antes mesmo das construções icônicas de Stonehenge e das pirâmides do Egito. À medida que novas informações emergem, o mundo aguarda ansiosamente para desvendar mais segredos enterrados no passado distante.

...