Descobertas armas de caçar feitas em pedra com 300 mil anos

Uma recente descoberta arqueológica vem intrigando cientistas e entusiastas da história: as armas de caça pré-históricas, datadas de cerca de 300 mil anos atrás, encontradas em Schöningen, na Alemanha. Essas armas, analisadas por uma equipe de cientistas do Escritório Estadual de Patrimônio Cultural da Baixa Saxônia (NLD) e das universidades de Reading e Göttingen, lançam luz sobre a complexidade tecnológica dos povos pré-Homo sapiens.

Logo abaixo conheça em detalhes as descobertas recentes e seu significado para nossa compreensão da pré-história humana.

Pela primeira vez, cientistas empregaram novas técnicas de imagem, como microscopia 3D e microscopia de tomografia computadorizada (micro-CT), para analisar as armas de caça pré-históricas encontradas em Schöningen, na Alemanha. Essas armas, datadas de cerca de 300 mil anos atrás, revelaram-se artefatos complexos que fornecem insights valiosos sobre as habilidades tecnológicas dos povos pré-Homo sapiens.

De acordo com o estudo publicado na revista Proceedings of the National Academy of Sciences, as armas de madeira descobertas em Schöningen demonstram uma surpreendente complexidade tecnológica. A análise revelou um alto número de fragmentos de ponta e eixo provenientes de lanças e bastões de arremesso, indicando uma habilidade extraordinária na fabricação e afiação desses artefatos.

Os hominídeos pré-históricos utilizavam a madeira como matéria-prima para criar uma ampla gama de ferramentas e armas de caça. Além das lanças e bastões de arremesso, também foram identificadas 35 madeiras pontiagudas e arredondadas, provavelmente usadas em atividades domésticas, como amaciar e suavizar peles de animais. Essas descobertas evidenciam uma sofisticada capacidade de manipulação e transformação da madeira pelos povos pré-Homo sapiens.

O período em que essas armas foram utilizadas coincide com o final do interglacial quente, sugerindo que o local de caça em Schöningen provavelmente estava à beira de um lago. A abundância de madeira na região foi crucial para o desenvolvimento dessas ferramentas, que desempenharam um papel fundamental na subsistência e na evolução humana.

As descobertas em Schöningen lançam nova luz sobre a evolução tecnológica e comportamental dos povos pré-Homo sapiens. A habilidade demonstrada na fabricação e utilização dessas armas de caça pré-históricas destaca a sofisticação e adaptabilidade dessas antigas sociedades humanas, desafiando as noções convencionais sobre a pré-história humana.

As recentes descobertas das armas de caça pré-históricas em Schöningen representam um marco significativo na compreensão da evolução humana. A análise detalhada desses artefatos revelou uma complexidade tecnológica impressionante, demonstrando a habilidade dos povos pré-Homo sapiens na fabricação e utilização de armas de caça. Essas descobertas reforçam a importância da pesquisa arqueológica para desvendar os mistérios do passado e ampliar nosso conhecimento sobre as origens da humanidade.

...