Corpo de Bombeiros Militar atende 150 chamados em 67 municípios relacionados às chuvas

Fotos: Divulgação / CBMSC

Entre os dias 11 e 16 de abril, o Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina (CBMSC) atendeu a 150 chamados exclusivamente relacionados às chuvas, em 67 municípios diferentes, totalizando atendimento à 171 pessoas atingidas. Deste total, 67% dos atendimentos foram realizados pelo Litoral Catarinense, principalmente na região da Grande Florianópolis; 18% na região do Oeste e Extremo Oeste; e 15% na Serra Catarinense e Meio-Oeste do Estado.

Foram empenhados em torno de 350 bombeiros, entre militares e comunitários, para esses atendimentos relacionados a quedas de árvores em residências ou vias públicas, pessoas ilhadas, resgate de pessoas em locais de difícil acesso, ocorrências de alagamentos ou enxurradas, e até de deslizamentos. Cento e seis viaturas foram utilizadas para atender as ocorrências do evento.

“Monitoramos a situação e atuamos em conjunto com as equipes da Secretaria de Estado de Proteção e Defesa Civil durante as chuvas que atingiram Santa Catarina, especialmente no Litoral e Vale do Itajaí, para garantir mais agilidade nos atendimentos e melhor direcionamento das equipes sempre que fosse necessário”, afirma o subcomandante-geral do CBMSC, coronel Jefferson de Souza.

Na imagem tem muitas árvores caídas por contas das chuvas fortes

Todas as equipes de Força-Tarefa (FT), que são especializadas em busca, resgate e salvamento para diversas situações, ficaram de sobreaviso por todo o estado. Em razão do grande volume de chuva, na manhã de sábado, 13, a FT-10, sediada em São José (10ºBBM) na Grande Florianópolis, foi ativada para aumentar a capacidade de atendimento a ocorrências em regiões que a corporação foi mais demandada. Já no primeiro atendimento, por exemplo, na área industrial de São José, oito pessoas foram retiradas de local de risco e foram abrigadas em casas de familiares que moram em outros bairros da cidade. A FT-10 atuou, também, em diversas ocorrências nos municípios de Paulo Lopes, Palhoça e Biguaçu.

Em Paulo Lopes, um dos municípios mais atingidos do estado, as equipes do CBMSC atuaram no resgate de famílias que estavam ilhadas. Além disso, prestaram apoio para a entrega de alimentos para moradores em locais de difícil acesso no Bairro Sertão do Campo, em São José.

Entregando alimentos e bebidas

Outra ação da corporação foi a entrega de mantimentos a caminhoneiros e demais cidadãos que estavam presos na interdição no Morro dos Cavalos, na BR-101 Sul. Foram entregues água, alimentos, e outros mantimentos – em parceria com a Defesa Civil estadual e a Polícia Rodoviária Federal (PRF).

De acordo com a Defesa Civil do Estado, nos próximos dias o sol volta a predominar em Santa Catarina por conta do avanço de uma massa de ar seco e frio. Além disso, as temperaturas começam a cair em todas as regiões, especialmente nos períodos da noite. Assim, a corporação retirou as Forças-Tarefa da condição de sobreaviso, mas pode retornar as operações caso o mal tempo retorne após esta trégua prevista.

O Corpo de Bombeiros Militar orienta a todos a tomarem cuidado com áreas que ainda estejam alagadas, de modo a evitar o contado com esta água – para evitar transmissão de doenças -, cuidados com a rede elétrica e reforça que em caso de necessidade, a população pode acionar a corporação através do telefone 193.

...