Corinthians demite Mano Menezes após quarta derrota consecutiva no Paulistão

O Corinthians atravessa um momento turbulento no Campeonato Paulista após acumular a quarta derrota consecutiva, desta vez para o Novorizontino na Neo Química Arena no último domingo (4). Essa sequência negativa custou o cargo do técnico Mano Menezes, que foi demitido pela diretoria do clube nesta segunda-feira (5), encerrando assim sua terceira passagem no comando da equipe alvinegra, que durou cerca de cinco meses.

A campanha ruim no Estadual somou-se às derrotas anteriores para Ituano, São Bernardo e a primeira derrota para o São Paulo em Itaquera, colocando o Corinthians na zona do rebaixamento, juntamente com o Santo André, com apenas três pontos conquistados até o momento. A vitória na estreia do campeonato contra o Guarani foi o único momento de alívio para a equipe.

Além do treinador Mano Menezes, o auxiliar técnico Sidnei Lobo e o preparador físico Diogo Linhares também deixaram o clube. Em comunicado oficial, o Corinthians agradeceu aos profissionais pelos serviços prestados e desejou sucesso em suas futuras carreiras.

A reviravolta no comando técnico acontece às vésperas do clássico contra o Santos, marcado para quarta-feira (7) na Vila Belmiro. O time alvinegro iniciará sua preparação sob a liderança do auxiliar Thiago Kosloski.

Mano Menezes assumiu o Corinthians em outubro de 2023, em um momento delicado da equipe que flertava com a zona de rebaixamento no Campeonato Brasileiro. Entretanto, o técnico gaúcho conseguiu engatar alguns bons resultados que garantiram a 13ª colocação na última rodada do Nacional.

Apesar disso, a sequência negativa no Campeonato Paulista e o aproveitamento de 38% em 20 jogos, com seis vitórias, cinco empates e nove derrotas, levaram à decisão da diretoria de encerrar o contrato de Mano Menezes, que inicialmente estava previsto até 2025. O Corinthians agora busca uma nova direção técnica para reverter o momento difícil no Estadual e buscar melhores resultados no restante da temporada.

...