Copel investe milhões em rede elétrica do Paraná

A Copel anunciou nesta quarta-feira (24) que as regiões Oeste e Sudoeste do Paraná vão receber R$ 548,28 milhões em investimentos na rede elétrica ao longo de 2024.

O montante representa 26% do total a ser investido em distribuição de energia no Estado no período e será aplicado nos principais programas da companhia e na construção e ampliação de subestações e linhas.

“Em todo o Paraná vamos investir R$ 2,091 bilhões em 2024. As regiões Oeste e Sudoeste concentram grande parte das obras”, informa Edison Ribeiro da Silva, superintendente de engenharia de expansão da Copel. Ele explica que os investimentos ampliam a infraestrutura elétrica nas regiões e contribuem para o desenvolvimento do Estado.

“Esses empreendimentos vão proporcionar qualidade de vida à população e energia de qualidade para o setor produtivo crescer”. 

Em Francisco Beltrão será entregue, ainda em 2024, a subestação Petrópolis. A unidade vai operar em 138 mil volts e ampliar a capacidade de distribuição de energia no município e na região. Ao todo, a Copel está investindo R$ 38 milhões no empreendimento – valor que inclui linhas de transmissão para conectar a nova unidade ao sistema e leva em consideração todo o período de construção. 

Também neste ano será colocada em operação a subestação São Miguel do Iguaçu (138 mil volts), que está sendo erigida no município homônimo. Em conjunto com novas linhas para conectá-la ao sistema, a unidade vai absorver, ao todo, desde o início de sua construção, R$ 39,8 milhões em investimentos.

Em 2025 a Copel vai entregar as subestações Barão de Capanema (138 mil volts), em Capanema, e Capitão Leônidas Marques (138 mil volts), no município de mesmo nome. Os investimentos totais para cada empreendimento, que também terão novas linhas de distribuição, serão de R$ 59,6 milhões e R$ 87,7 milhões, respectivamente.  

...