Comitiva comercial dos EUA visita o Porto de Paranaguá em busca de negócios

Foto: Claudio Neves/Portos do Paraná

Uma comitiva do Departamento de Comércio dos Estados Unidos no Brasil visitou o Porto de Paranaguá nesta sexta-feira (22). Os representantes buscam a aproximação do setor privado americano com oportunidades de parceria de negócios brasileira. Eles foram recebidos pelo diretor-presidente da Portos do Paraná, Luiz Fernando Garcia, o secretário-geral, Felipe Gama, e o diretor Operacional, Gabriel Vieira, que apresentaram os projetos atuais e os investimentos previstos para os portos paranaenses.

“Nós temos muito contato com os espanhóis, holandeses, e agora temos os americanos nessa rota de interesses, discutindo parcerias estratégicas, desde a elaboração de estudos, além da participação de empresas americanas na construção, infraestrutura e desenvolvimento local. Este encontro sinaliza que o Paraná está muito bem colocado entre os principais players do mundo”, destacou Garcia.

O conselheiro comercial Joel Reynoso, a especialista comercial Fabiola Rios, e o assistente comercial Carlos Ferreira tiveram acesso à maquete realista dos portos de Antonina e Paranaguá e depois visitaram o cais, em Paranaguá. O Departamento de Comércio dos Estados Unidos no Brasil possui um setor de promoção comercial, chamado Serviço Comercial, que faz contato tanto com o setor público quanto com o setor privado. São mais de 100 escritórios, com atuação em mais de 70 países. No Brasil, existem cinco unidades, em Brasília, Belo Horizonte, Recife, Rio de Janeiro e São Paulo.

img 6511 copiar
Foto: Claudio Neves/Portos do Paraná

“Nós sabemos que a Portos do Paraná é realmente uma das melhores no setor, e nós, que trabalhamos com serviço comercial dentro das embaixadas, sempre temos empresas americanas que podem ajudar prestando serviços ou fornecendo equipamentos que se encaixem bem com as necessidades locais”, destacou Reynoso.

Leia mais:

“Paranaguá tem uma vantagem muito grande de ser um porto mais ousado na parte de inovação e de estar pensando mais à frente, pensando no modelo de gestão diferenciado. Essa mente aberta para soluções inovadoras tem muita sinergia com o que os Estados Unidos têm para oferecer, sendo um caminho de parcerias estratégicas”, explicou Fabiola.

De acordo com dados do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, os Estados Unidos estão em terceiro lugar em movimentação tanto para importação quanto exportação de mercadorias no Paraná. Com uma receita de US$ 25,2 bilhões oriundas de vendas para outros países em 2023, o Paraná estabeleceu um novo recorde anual de exportações. O valor é 13,7% superior ao resultado obtido pelo Estado em 2022, quando a receita foi de US$ 22,1 bilhões. O comércio com os EUA foi de US$ 1,4 bilhão.

siga google news disparada 1 127
...