Cohapar entrega 30 casas e 45 escrituras públicas para famílias de Primeiro de Maio

A tarde desta sexta-feira (19) foi um marco para dezenas de famílias do município de Primeiro de Maio, região Norte do Estado. A Cohapar entregou as chaves das 30 residências do Jardim Geraldo Fernandes de Almeida aos novos moradores.

No evento, também foram entregues 45 escrituras públicas aos titulares de imóveis financiados e quitados pela Companhia. A obra, cujo investimento total superou a ordem de R$ 4,4 milhões, é fruto da parceria entre a Cohapar, a Prefeitura de Primeiro de Maio e a construtora H3 Empreendimentos Imobiliários.

Dentre os beneficiários do residencial, 29 deles receberam R$ 15 mil de subsídio cada, através do Casa Fácil Paraná, para ajudar no custeio do valor de entrada dos imóveis.

Além do recurso estadual, destinado a famílias com renda de até três salários mínimos, os contemplados puderam usufruir de descontos variáveis por meio do programa Minha Casa, Minha Vida, e tiveram a possibilidade de utilizar o FGTS para abater o saldo devedor. Já a contrapartida municipal garantiu a doação do terreno para a construção do empreendimento.

As casas possuem padrões arquitetônicos com metragens de 44,82m² e 47,82m² e foram construídas em lotes que permitem ampliações futuras. O financiamento, realizado junto a Caixa Econômica Federal, pode ser feito em até 360 meses e as prestações variam de R$ 363 a R$ 1.032, custo mais acessível que a média do valor do aluguel no município.

Além do empreendimento, a Cohapar também emitiu e entregou as escrituras públicas dos imóveis de 45 famílias residentes em conjuntos financiados e quitados pela Companhia.

A regularização fundiária faz parte da modalidade de Escrituração Direta, do Programa Casa Fácil, a qual oferece aos titulares e ocupantes, com posse devidamente comprovada, a oportunidade de escriturar a propriedade por um preço reduzido.

A iniciativa prevê também descontos em taxas e custas cartorárias no momento do registro e, graças à articulação junto a Prefeitura, os mutuários puderam contar com a isenção da cobrança do Imposto de Transmissão de Bens Imóveis (ITBI).

primeiro de maio casas e escrituras 6
Entrega de casas e escrituras em Primeiro de Maio

FELICIDADE – Para a professora Maria Alencarina de Alencar Marques, 43 anos, e a filha Laura, que há anos esperavam por essa oportunidade, o momento é uma felicidade sem explicação. “Morávamos com minha mãe em um imóvel de três cômodos. E, se não fosse essa ajuda do governo, não teríamos conseguido conquistar esse lar. Quando a Laura entrou na casa, ela deitou no chão do quartinho e chorou emocionada, pois nunca tinha tido seu espacinho. E agora estamos aqui, com a chave do nosso sonho”, comemorou.

Já o aposentado, Antonio José de Souza, 61 anos, beneficiário da Escrituração Direta da Cohapar, demonstrou gratidão pelo programa e destacou o sentimento de segurança por ter a documentação do imóvel em seu nome. “Com a escritura agora temos a garantia que a casa é nossa. E espero viver muitos anos nela ainda”, disse.

A prefeita de Primeiro de Maio, Bruna Casanova, reforçou que os poderes públicos devem administrar como um todo, mas que é fundamental ter um olhar diferenciado àqueles que mais necessitam. “Trabalhamos muito para ajudar a realizar o sonho de tantas pessoas, que é conquistar a casa própria e também entregar as escrituras de imóveis das famílias de Primeiro de Maio. Para mim, é uma alegria imensa e me emociono muito por estar aqui hoje”, declarou.

PRESENÇAS – O evento também contou com a presença do coordenador da Cohapar de Londrina, Michael Faleiros, e equipe técnica do escritório regional; do deputado estadual Luiz Claudio Romanelli; e de representantes da H3 Empreendimentos, Caixa Econômica Federal, vereadores do município e demais lideranças locais.

...