As misteriosas cidades milenares submersas e seus tesouros inexplorados

Em todo o mundo, as águas ocultam segredos insondáveis. O Egito, a China, o Japão – são palcos de tesouros afogados, cidades inteiras consumidas pelas ondas do tempo. Diferente da mítica Atlântida, essas cidades submersas são reais e guardam mistérios prontos para serem desvendados. Grandes estruturas e templos históricos desses locais foram objeto de pesquisa, revelando histórias de milênios e resquícios da vida de seus habitantes antigos.

Thonis-Heracleion – A Veneza Egípcia Perdida

Onde antes se acreditava residir um mito, hoje repousam as grandiosas estátuas de Thonis-Heracleion, cidade submersa do Egito. Durante séculos, historiadores acreditavam que a cidade era uma lenda, até que pesquisadores subaquáticos a descobriram em 2000.

Thonis Heracleion

Situada na baía de Abu Qir, no delta do Nilo, Thonis-Heracleion era um dos grandes centros portuários do mundo há 2.300 anos. Com o estabelecimento de Alexandria por Alexandre, o Grande, a cidade perdeu seu posto. Sua complexa rede de canais e ilhas, que facilitavam o fluxo de mercadorias, também foi a razão de sua ruína, sucumbindo ao Mar Mediterrâneo no século VII, devido a mudanças graduais no nível do mar e ao solo instável da região.

Graças ao pesquisador Franck Goddio e sua equipe, hoje temos um vislumbre dessa cidade perdida. Estátuas de faraós, embarcações antigas, e até mesmo um pote cheio de moedas de ouro são apenas algumas das descobertas surpreendentes feitas até agora.

Shi Cheng – A Atlântida Chinesa Submersa pelo Progresso

No leito do Lago Quiandao, repousa Shi Cheng, um testemunho da antiguidade chinesa engolido pela água. Esta “Atlântida Chinesa”, submergida em 1959 para a construção de uma usina hidrelétrica, foi um importante centro político e econômico da província de Zhejiang.

Shi Cheng

Apesar de permanecer oculta por meio século, Shi Cheng, também conhecida como Cidade do Leão, está incrivelmente bem preservada. O local, que cobre uma área equivalente a 62 campos de futebol, é adornado com estátuas de dragões e leões, símbolos proeminentes da cultura chinesa. Em 2017, a cidade submersa tornou-se um museu subaquático, permitindo que turistas explorem de perto a antiga arquitetura chinesa.

Yonaguni-Jima – As Enigmáticas “Pirâmides” do Japão

Um mistério encontra-se submerso perto da ilha Yonaguni, no Japão. Chamado de Monumento Yonaguni, este maciço de pedra organizado em degraus, a 25 metros da superfície do oceano, lembra uma pirâmide retangular.

Yonaguni Jima

O debate sobre a origem desta estrutura gigantesca, descoberta em 1986 por Kihachiro Aratake, ainda é intenso. Enquanto alguns acreditam que a formação seja obra de uma civilização perdida, outros argumentam que é uma formação rochosa natural. Independentemente da verdade, o Monumento Yonaguni continua a fascinar e intrigar aqueles que têm a sorte de mergulhar em suas águas.

Em Busca de Novos Mistérios Subaquáticos

Estas cidades submersas são um testemunho vivo de um passado distante, repleto de histórias e mistérios. À medida que mergulhamos mais fundo nessas águas, mais somos capazes de desvendar sobre nossa história comum. Cada descoberta nos aproxima um pouco mais da compreensão do nosso passado e, talvez, do futuro. Embora a busca por Atlântida continue, temos muito a aprender com as cidades submersas que realmente existem.

...