As empresas mais antigas de Santa Catarina em atividade

O mundo do empreendedorismo apresenta desafios em grande escala, fazendo com que a maioria das novas empresas não consigam sobreviver mais do que cinco anos.

Entretanto, essa condição não se configura para algumas empresas centenárias. Santa Catarina, um estado brasileiro conhecido por sua diversidade econômica e cultural, abriga algumas das empresas mais antigas do país que ainda estão em atividade.

Estas instituições não são apenas negócios, são marcos históricos vivos que contam a história do desenvolvimento econômico e social catarinense.

Embora tenha enfrentado dificuldades que quase as levaram à falência, em alguns momentos, com resiliência conseguiram sobreviver e continuam a gerar centenas de empregos a movimentar a economia catarinense. Vamos conhecer essas empresas, reconhecendo sua contribuição para a economia local e sua resiliência ao longo dos anos.

Hering: Tecendo História Desde 1880

hering 1

A Cia. Hering, fundada em 1880 em Blumenau, é uma das maiores e mais antigas empresas de vestuário do Brasil. A Hering tem sido um marco na indústria da moda brasileira, conhecida por sua produção de roupas básicas de qualidade. Sua história reflete a evolução da moda e do varejo no país, mantendo-se sempre relevante através da inovação e do compromisso com a sustentabilidade. A empresa se destacou por se adaptar às mudanças de mercado ao longo dos anos, consolidando-se como uma marca querida pelos brasileiros e reconhecida por sua tradição e qualidade.

Karsten: Inovação Têxtil Desde 1882

karsten

Outra joia da indústria catarinense é a Karsten, estabelecida em 1882, também em Blumenau. Com mais de 140 anos de história, a Karsten se destaca na produção de artigos de cama, mesa, banho e tecidos para decoração. Sua longevidade pode ser atribuída à capacidade de inovar e se adaptar às tendências de mercado, sem perder a essência de qualidade e design que a tornou reconhecida. A Karsten é um exemplo emblemático de como empresas podem crescer e se modernizar, mantendo o respeito pelo seu legado e pela comunidade em que estão inseridas.

Cervejaria Antárctica Subsidiária Joinville – Fundada em 1912

A história da industrialização em Santa Catarina passa pela Cervejaria Antárctica Subsidiária Joinville, a mais antiga do estado nesta categoria. Iniciada em 1912, essa cervejaria não apenas sobreviveu a duas guerras mundiais e várias crises econômicas, mas também se adaptou às mudanças do mercado, mantendo-se relevante e querida pelos catarinenses.

Tecelagem Berta S.A. – Fundada em 1893

A Tecelagem Berta S.A., situada em Blumenau, é um ícone da indústria têxtil catarinense. Desde sua fundação em 1893, a empresa tem sido um pilar na economia local, adaptando-se às novas tecnologias e às mudanças nas demandas do mercado, enquanto mantém a qualidade e a tradição de seus produtos têxteis.

Porto de Imbituba – Estabelecido em 1922

O Porto de Imbituba não é apenas um ponto crucial para o comércio marítimo de Santa Catarina, mas também um dos portos mais antigos ainda em operação no estado. Desde sua inauguração em 1922, tem sido uma porta de entrada e saída para mercadorias nacionais e internacionais, desempenhando um papel vital na economia catarinense.

Fundição Baden Powell – Inaugurada em 1890

Localizada em Joinville, a Fundição Baden Powell é um exemplo notável de longevidade no setor industrial. Desde sua inauguração em 1890, a empresa tem fornecido uma vasta gama de produtos de fundição, adaptando-se às necessidades de um mercado em constante evolução e mantendo-se como uma referência em qualidade e inovação.

Casa A. Angeloni & Cia – Desde 1958

Embora não seja a mais antiga em termos de fundação, a Casa A. Angeloni & Cia representa uma parte crucial do comércio e da história de Santa Catarina. O que começou como um pequeno armazém em Criciúma transformou-se em uma das maiores redes de supermercados e lojas de departamento do sul do Brasil, demonstrando um impressionante exemplo de crescimento e adaptação.

As empresas mais antigas de Santa Catarina contam histórias de resiliência, adaptação e compromisso com a comunidade local. Elas não apenas sobreviveram a desafios econômicos, políticos e sociais, mas também prosperaram, contribuindo significativamente para a identidade e a economia do estado.

Ao honrar seu passado e olhar para o futuro, essas instituições estabelecem um legado de perseverança e inovação, inspirando gerações de empreendedores catarinenses a construir um futuro ainda mais próspero. Através de seu contínuo funcionamento, elas reafirmam a importância de adaptar-se às mudanças mantendo-se fiéis às suas raízes, uma lição valiosa para empresas de todas as idades e setores.

...