Arqueólogos encontram extraordinária ossada de dinossauro gigantesco de 122 milhões de anos 

Em um avanço paleontológico emocionante, uma equipe internacional de pesquisadores acaba de lançar luz sobre os segredos de um dinossauro saurópode colossal, desvendando informações valiosas sobre a evolução desses gigantes antigos.

Esta descoberta notável nos transporta de volta no tempo, aproximadamente 122 milhões de anos atrás, quando um espécime único vagava pelas paisagens antigas do que hoje é a Espanha. Apelidado de “Garumbatitan morellensis”, essa espécie recém-identificada habitava a península ibérica durante o início do período Cretáceo.

Porque é um achado espetacular

Os restos deste gigante pré-histórico foram meticulosamente desenterrados durante escavações no sítio arqueológico de fósseis de Sant Antoni de la Vespa, próximo a Morella, entre os anos de 2005 e 2008.

O que torna essa descoberta verdadeiramente notável é a presença de fósseis de pelo menos três espécimes, todos eles apresentando características impressionantes, como vértebras maciças, ossos longos das pernas e dois conjuntos quase completos do pé. Esta é uma raridade surpreendente no mundo dos saurópodes.

Pedro Mocho, o líder do estudo e paleontólogo do Instituto Dom Luiz da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, Portugal, compartilhou sua empolgação com a descoberta.

ossada de dinossauro

“Um dos exemplares que encontramos se destaca por seu grande tamanho, com vértebras de mais de um metro de largura, e um fêmur que poderia atingir dois metros de comprimento. Encontramos dois pés quase completos e articulados neste depósito, o que é particularmente raro no registro geológico.”

Esta espécie recém-identificada, Garumbatitan morellensis, está se tornando um dos táxons mais completos do Cretáceo Inferior da península ibérica. Ela pertence a um subgrupo de saurópodes conhecidos como titanossauros, que eram os maiores e únicos da linhagem de saurópodes a sobreviver até o impacto do asteroide que dizimou os dinossauros há cerca de 66 milhões de anos.

Revolucionando nossa compreensão

Este estudo está redefinindo nossa compreensão desses gigantes antigos. Os saurópodes, com suas características distintivas de pescoços e caudas alongados, eram dinossauros herbívoros que atingiam tamanhos colossais. Garumbatitan morellensis agora se junta ao panteão dessas criaturas magníficas, fornecendo pistas preciosas sobre sua anatomia, comportamento e ecologia.

À medida que os cientistas continuam a estudar esses fósseis impressionantes, podemos esperar novas revelações emocionantes sobre a história evolutiva dos saurópodes e seu papel no antigo ecossistema da península ibérica. A descoberta de Garumbatitan morellensis é um lembrete vívido de que nosso planeta já foi o lar de criaturas verdadeiramente espetaculares, e seu legado continua a nos fascinar e inspirar.

...