11 melhores filmes de terror slasher para você assistir

Dentro da categoria terror, existem vários caminhos diferentes, o terror slasher é um deles, nesses filmes geralmente tem um ou mais assassinos, geralmente mascarados ou que sofreram algum acidente que modificou seus rostos, e existe um grupo de pessoas, seja adolescentes ou adultos, onde são perseguidos pelo ou pelos assassinos, e geralmente existe uma sequência de filmes, onde sempre sobrevive alguém.

Pânico

  ★★★★☆

A saga de filmes slasher “pânico” falam de um grupo de adolescentes perseguidos por um serial killer mascarado de “ghost face”, os principais personagens, e que na maioria dos filmes sobrevive são Sidney Prescott, Gale Weathers e Dewey Riley.

Pânico (1996)

No primeiro filme da saga trata um pouco mais da história de Sidney e sua família na cidade de Woodsboro, neste filme é onde ela conhece Gale, onde no começo Sidney a odeia completamente, mas no final do filme Gale é uma das sobreviventes e que a ajuda a matar o ghost face.

Gale estava escrevendo um livro sobre a família Prescott, e Sid não gosta nada disso, mas Gale continua, e até faz gravações dos momentos, e no final, Gale consegue fazer seu livro e ainda produzem um filme baseado em tudo o que aconteceu, “A Facada”.

Pânico 2 (1997)

No segundo filme, Sidney se muda, esta tentando viver sua vida normalmente 2 anos depois do massacre de Woodsboro, mas novos casos começam, de pessoas morrendo, e Sid já começa a ficar com medo, pois são sabia que iriam vir atrás dela, já que foi uma das sobreviventes.

Neste filme pode-se entender um pouco mais da história de Billy Loomis, namorado de Sidney no primeiro filme.

Pânico 3 (2000)

No terceiro filme, fala mais sobre a família de Sidney, e nos filmes anteriores sempre se via 2 assassinos, neste filme existe apenas 1 ghost face, mas que deixa todos no chinelo com seu plot twist e por conseguir matar tantas pessoas sozinho, sem precisar de ajuda de ninguém.

Neste filmes, o cinema estava bombando, e já tinha 2 filmes da saga “A Facada”, então queria reproduzir mais um, mas sem mortes reais, mas dai começaram os casos, e Sid corria perigo.

Pânico 4 (2011)

11 anos depois, fizeram o quarto filme, Sidney já estava livre de tudo o que tinha acontecido, e até escreveu um livro, mas para publica-lo, ela veio até Woodsboro, onde começaram novos boatos sobre um novo assassino, que queria refazer os filmes de A Facada, para terem uma sequência, coincidentemente tinha um clube de cinema na escola, onde tinham vários suspeitos.

No quarto filme slasher, por incrível que pareça mas o assassino quase “ganhou” e por muito pouco conseguiria fazer com que Sid saísse como a errada e faria o ghost face se livrar de tudo que fez.

Pânico 5 (2022)

Depois de uma década, veio o quinto filme, neste filme não temos Sidney como a personagem principal, agora com o elenco composto por Tara e Sam Carpenter, sendo Sam filha de Billy Loomis. Apesar de não aparecer no começo, Sidney volta para a cidade logo quando soube do que estava acontecendo, Sam e Tara procuram Dewey e Gale para as ajudar, infelizmente Dewey morre neste filme.

Jamais imaginariam que o ghost face estaria de volta, e com tanta determinação para matar as duas, este filme não tem um plot twist tão bom assim, desde o começo voc~e já consegue ter uma leve noção de quem são os assassinos. Como na maioria dos filmes, este não seria diferente, existem duas pessoas fantasiadas, que são muito fãs dos filmes “A Facada”, e estão em busca da sequência perfeita.

Pânico 6 (2023)

O sexto filme ficou bem famoso, com um bom plot twist, apesar do elenco não ser tão bom e pela morte de Gale. Sid não aparece mais neste filme, mas conta mais sobre a história de tudo, e um pouco sobre o quinto filme.

Neste filme temos 3 ghost faces, a procura da vingança de um ente querido, um parente que era fanático pelos filmes, e conseguem fazer uma reviravolta no final pois ninguém diria que aconteceu o que acontece, este é o filme que tem o maior número de assassinos, mas para o número de vilões, o número de mortes é baixo, e as cenas são um pouco mais terror do que os filmes anteriores.

Onde assistir: Prime Video ou Telecine

slasher

O Massacre da Serra Elétrica

★★★★☆

A franquia “O Massacre da Serra Elétrica” é uma das sagas mais influentes e duradouras do cinema de terror slasher, criando um legado de medo e horror que ressoa com os fãs do gênero há décadas.

O Massacre da Serra Elétrica (1974)

Dirigido por Tobe Hooper, o filme original é considerado um clássico do gênero terror slasher e um marco no cinema de terror. Ele segue um grupo de jovens que se tornam vítimas de uma família de assassinos canibais no Texas rural.  Liderados pelo icônico Leatherface, um membro deformado e mascarado da família, os assassinos perseguem e massacram os jovens de forma brutal e implacável. O filme é conhecido por sua atmosfera sombria, violência gráfica e pela sensação de terror genuíno que evoca.

Neste filme mesmo, o ator que fez Leatherface já estava tão afetado pelo cheiro do set e por ter que ficar tanto com a mascara, que acabou cortando o dedo da atriz Marilyn Burns, que ele deveria cortar mas não de verdade, e por acidente aconteceu.

Massacre da Serra Elétrica 2 (1986)

Dirigido novamente por Tobe Hooper, esta sequência tem um tom mais satírico em comparação com o original, misturando elementos de horror e comédia. O filme acompanha um DJ de rádio que se torna alvo de Leatherface e sua família depois de receber uma ligação angustiada de uma jovem. Com uma abordagem mais campy e extravagante, o filme recebeu uma recepção mista na época, mas desenvolveu um culto seguimento ao longo dos anos.

O Massacre da Serra Elétrica 3: O Massacre Final (1990)

Este terceiro filme da franquia segue um grupo de jovens viajantes que se perdem em uma área remota do Texas e se tornam presas dos membros sobreviventes da família canibal. Embora tenha mantido o tom sombrio e violento dos filmes anteriores, o filme foi criticado por sua falta de originalidade e recebido com reações mistas da crítica e do público.

O Massacre da Serra Elétrica: O Retorno (1994)

Nesta quarta entrada da série, uma mulher herda uma mansão no Texas, onde descobre segredos sombrios e aterradores sobre sua família. Com Leatherface mais uma vez à espreita, ela se encontra lutando pela sobrevivência enquanto confronta os horrores do passado. O filme foi recebido com críticas negativas e não alcançou o mesmo status de cult dos filmes originais.

O Massacre da Serra Elétrica: O Início (2006)

Este prelúdio explora as origens de Leatherface e sua família de assassinos canibais, revelando os eventos que levaram à criação do temido matador com a serra elétrica. O filme retrata os horrores e abusos que moldaram a natureza violenta de Leatherface, oferecendo uma visão sombria e perturbadora de suas origens. Embora tenha sido criticado por sua violência gráfica e falta de originalidade, o filme encontrou um público entre os fãs dedicados da franquia.

O Massacre da Serra Elétrica: A Lenda Continua (2013)

Neste filme, uma jovem mulher viaja para o Texas para reivindicar uma herança, apenas para descobrir que é descendente da família canibal. Confrontada com Leatherface e seus horrores, ela se vê lutando pela sobrevivência enquanto descobre segredos obscuros sobre sua própria família. O filme foi criticado por sua trama genérica e uso excessivo de efeitos 3D, mas encontrou um público entre os fãs mais dedicados da franquia.

O Massacre no Texas (2017)

Neste filme slasher quatro adolescentes que acabaram de sair de um hospital psiquiátrico no Texas, sequestraram uma enfermeira. Um xerife de lá, está a procura de vingança e persegue os jovens, e acaba se tornando o grande serial killer, Leatherface.

O Massacre da Serra Elétrica: o retorno de Leatherface (2022)

Neste último filme da saga, alguns jovens vão para uma cidade fantasma, com o objetivo de dar mais vida a ela, infelizmente acabam se deparando com o assassino vingativo, Leatherface, que não deixa eles escaparem por nada, e mata todos que pode.

Onde assistir: Netflix e Prime Video

slasher

Rua do medo

★★★☆☆

A trilogia slasher “Rua do Medo” apresenta uma narrativa intrincadamente conectada, contando uma história que se desenrola de trás para frente, com o terceiro filme revelando eventos antigos e o primeiro explorando acontecimentos mais recentes.

Rua do Medo: 1994 – Parte 1(2021)

Adapta a série de livros de R.L. Stine, seguindo um grupo de adolescentes que se vê perseguido por assassinos mascarados na cidade de Shadyside, após a morte de sua colega Heather. Conforme investigam os assassinatos, descobrem uma longa história de violência na cidade, agora enfrentando a ameaça iminente de morte.

Rua do Medo: 1978 – Parte 2 (2021)

Um grupo de jovens desvenda os horrores enterrados na história de Shadyside, enquanto participam de um acampamento que une os habitantes de Shadyside e Sunnyvale. A descoberta de que os assassinatos brutais estão conectados lança os adolescentes em uma luta desesperada pela sobrevivência.

Rua do Medo: 1666 – Parte 3 (2021)

Finalmente somos transportados para um vilarejo colonial do século XVII, onde uma comunidade é devastada por uma perseguição religiosa brutal. Os efeitos desastrosos desencadeiam uma maldição que assombra os moradores por séculos, ligando os eventos do passado ao presente.

Onde assistir: Netflix

slasher

A Hora do Pesadelo

★★★★★

Desde sua estreia em 1984, “A Hora do Pesadelo” se tornou um ícone do cinema de terror slasher, trazendo à vida o sinistro vilão Freddy Krueger, um assassino que assombra os sonhos de adolescentes. A franquia cresceu ao longo dos anos, explorando diferentes aspectos do horror e expandindo o universo de pesadelos de Freddy. Vamos explorar cada filme, desde o original até suas sequências e a reinicialização moderna.

A Hora do Pesadelo (1984)

O filme original, dirigido por Wes Craven, apresenta o enredo aterrorizante de um grupo de adolescentes perseguidos em seus sonhos por Freddy Krueger, um assassino que retorna dos mortos para se vingar de seus pais. Utilizando habilidades sobrenaturais para atacar suas vítimas enquanto dormem, Freddy se tornou um ícone do terror.

A Hora do Pesadelo 2: A Vingança de Freddy (1985)

A sequência de 1985 aborda o novo residente de Elm Street, Jesse Walsh, que começa a ter pesadelos vívidos com Freddy Krueger. O filme explora temas de sexualidade e identidade enquanto Freddy busca possuir o corpo de Jesse para continuar suas atrocidades.

slasher

A Hora do Pesadelo 3: Os Guerreiros dos Sonhos (1987)

Neste terceiro capítulo slasher, um grupo de adolescentes internados em uma clínica psiquiátrica descobre que compartilha sonhos semelhantes com um homem de garras afiadas: Freddy Krueger. Eles se unem para lutar contra Freddy, explorando seus próprios poderes dentro do mundo dos sonhos.

A Hora do Pesadelo 4: O Mestre dos Sonhos (1988)

Quando Freddy ressurge para atormentar os sobreviventes dos filmes anteriores, um novo grupo de adolescentes se une para tentar derrotá-lo. Este filme expande ainda mais o mito de Freddy, explorando sua conexão com os sonhos e sua habilidade de manipular a realidade dentro deles.

A Hora do Pesadelo 5: O Maior Horror de Freddy (1989)

Na quinta entrada da franquia, Freddy retorna para atormentar a filha de uma de suas vítimas sobreviventes, que é capaz de entrar nos sonhos de outras pessoas. Enquanto Freddy busca uma nova vítima, ela luta para entender seu passado e deter o assassino de uma vez por todas.

A Hora do Pesadelo 6: Pesadelo Final – A Morte de Freddy (1991)

Neste capítulo final da série original, os segredos sombrios da origem de Freddy são revelados enquanto ele continua a assombrar os jovens de Elm Street. Os sobreviventes se unem para enfrentar Freddy uma última vez, buscando acabar com sua maldição de uma vez por todas.

A Nova Hora do Pesadelo (2010)

Uma reinicialização moderna da franquia, “A Nova Hora do Pesadelo” reintroduz Freddy Krueger para uma nova geração de espectadores. O filme mantém a premissa básica da série original, mas oferece uma abordagem mais sombria e intensa, explorando o passado de Freddy e sua conexão com as vítimas.

Onde assistir: HBO Max

Halloween

★★★★☆

Desde sua estreia em 1978, “Halloween” se tornou um ícone do gênero de terror, moldando o slasher moderno e inspirando inúmeras produções subsequentes. A saga gira em torno do psicopata Michael Myers, que retorna à sua cidade natal para espalhar o terror em uma noite sinistra de Halloween. Vamos explorar a franquia e seu impacto duradouro no cinema de terror.

Halloween (1978)

Dirigido por John Carpenter, o filme original apresenta a história de Michael Myers, um jovem que comete um assassinato brutal em sua cidade natal de Haddonfield, Illinois, e é internado em um hospital psiquiátrico. Quinze anos depois, Myers escapa e volta a Haddonfield, onde persegue a jovem Laurie Strode e seus amigos em uma noite de Halloween.

Halloween II: O Pesadelo Continua (1981)

A sequência direta do filme original continua a noite de terror slasher, com Laurie Strode sendo levada para o hospital depois do ataque de Michael Myers. Enquanto isso, Myers continua sua busca implacável por Laurie, revelando mais sobre seus motivos sombrios e sua conexão com a cidade de Haddonfield.

Halloween III: A Noite das Bruxas (1982)

Diferente dos filmes anteriores, este capítulo da franquia apresenta uma história independente, focada em uma conspiração envolvendo máscaras de Halloween e uma empresa sinistra. Embora tenha sido inicialmente mal recebido devido à ausência de Michael Myers, o filme ganhou um culto seguimento ao longo dos anos por sua abordagem única.

Halloween 4: O Retorno de Michael Myers (1988)

Após anos de ausência, Michael Myers retorna a Haddonfield para atormentar a cidade mais uma vez. Desta vez, ele está determinado a encontrar e matar sua sobrinha Jamie, que agora vive com a família adotiva de Laurie Strode. O filme marca o retorno do icônico vilão à série.

Halloween 5: A Vingança de Michael Myers (1989)

Nesta sequência direta de “Halloween 4”, Michael Myers sobrevive à aparente morte e continua sua perseguição a Jamie Lloyd, sua sobrinha. Enquanto isso, um misterioso homem vestido de preto surge, revelando uma conexão sombria com Myers e seu passado.

slasher

Halloween 6: A Última Vingança (1995)

Conhecido também como “Halloween: A Maldição de Michael Myers”, este filme explora as origens do mal que assombra Michael Myers, revelando uma conspiração envolvendo uma antiga sociedade secreta e experimentos genéticos. A história continua a saga de terror, mergulhando mais fundo nos mistérios que cercam o vilão.

Halloween H20: Vinte Anos Depois (1998)

Este filme marca o retorno de Jamie Lee Curtis como Laurie Strode, que agora vive sob uma nova identidade depois de anos de trauma causado por Michael Myers. Quando Myers retorna mais uma vez para aterrorizá-la, Laurie enfrenta seus medos e se prepara para um confronto final com o assassino que assombra seus pesadelos há décadas.

Halloween: Ressurreição (2002)

Na oitava entrada da franquia, um grupo de jovens participa de um reality show que se passa na antiga casa de Michael Myers. No entanto, eles rapidamente descobrem que o perigo é real quando Myers retorna para mais uma noite de terror. O filme marca o confronto final entre Laurie Strode e seu irmão maligno.

Halloween (2018)

Esta reinicialização direta da franquia serve como uma sequência direta do filme original, ignorando os eventos das sequências anteriores. Jamie Lee Curtis retorna como Laurie Strode, que se prepara para um confronto final com Michael Myers, que escapa durante uma transferência para outra instituição. O filme foi aclamado pela crítica e pelo público, trazendo de volta o terror e a tensão do original.

Halloween Kills (2021)

Nesta sequência do filme de 2018, a cidade de Haddonfield se une para enfrentar Michael Myers mais uma vez, enquanto Laurie Strode continua sua busca por vingança. O filme explora as consequências do legado de terror deixado por Myers e apresenta uma narrativa de justiça e redenção.

Halloween Ends (2022)

Previsto para encerrar a saga de Michael Myers, este filme promete trazer um fechamento para a história que começou décadas atrás. Com Laurie Strode e outros personagens enfrentando o mal definitivo de Myers, “Halloween Ends” promete ser um capítulo final emocionante e impactante para a franquia.

Onde assistir: Amazon Prime Video

Terrifier

★★★☆☆

“Terrifier” é um filme de terror slasher independente lançado em 2016, dirigido e escrito por Damien Leone. O filme é uma expansão do curta-metragem homônimo de 2011, que apresentava o vilão principal, Art the Clown. Aqui está uma análise detalhada sobre o filme:

O filme segue dois jovens mulheres, Tara e Dawn, que após uma noite de festa, encontram-se em uma rua deserta e são perseguidas por um palhaço sinistro conhecido como Art the Clown. O que começa como uma noite de diversão rapidamente se transforma em um pesadelo sanguinário quando elas se veem encurraladas por esse psicopata implacável.

slasher

Art the Clown é o principal antagonista do filme, conhecido por sua maquiagem de palhaço macabra e sua natureza cruel e sádica. Ele não fala durante todo o filme, comunicando-se apenas por meio de expressões faciais e gestos perturbadores. Sua presença sinistra e sua sede de violência o tornam um dos vilões mais memoráveis do cinema de terror recente.

“Terrifier” é conhecido por sua intensa violência e gore, com cenas gráficas que desafiam os limites do espectador. O filme slasher não poupa detalhes quando se trata de mostrar os horríveis atos de Art the Clown, resultando em uma experiência visceral e chocante para o público.

A atmosfera do filme é carregada de tensão e medo, com cada cena contribuindo para uma sensação crescente de terror. A escuridão da noite, os cenários desolados e a trilha sonora sinistra ajudam a criar uma atmosfera opressiva que mantém os espectadores à beira de seus assentos do início ao fim.

“Terrifier” rapidamente conquistou um status de culto entre os fãs do gênero de terror, sendo elogiado por sua abordagem brutal e seu respeito pelas convenções do slasher clássico. O filme gerou uma sequência, “Terrifier 2”, lançada em 2022, que promete expandir ainda mais o universo sombrio de Art the Clown. E já existem previsões sobre “Terrifier 3”, com previsão para 25 de outubro de 2024.

Onde assistir: Amazon Prime Video

Sexta-feira 13

★★★★☆

Desde sua estreia em 1980, “Sexta-Feira 13” se tornou uma das franquias mais duradouras e icônicas do cinema de terror, moldando o gênero slasher e inspirando inúmeras produções subsequentes. A saga gira em torno do misterioso e assassino Jason Voorhees, cuja sede de sangue e violência assombra os acampamentos do Lago Crystal. Vamos explorar a franquia e seu impacto duradouro no mundo do terror.

Sexta-Feira 13 (1980)

Dirigido por Sean S. Cunningham, o filme original apresenta a história de um grupo de jovens monitores que são brutalmente assassinados por um assassino misterioso enquanto tentam reabrir um acampamento de férias no Lago Crystal. O filme estabelece os elementos clássicos do gênero slasher, incluindo um assassino enigmático, um cenário isolado e mortes gráficas.

Sexta-Feira 13: Parte II (1981)

Nesta sequência, Jason Voorhees assume o papel de assassino, buscando vingança pelo afogamento de sua mãe no filme anterior. Agora um adulto, Jason retorna ao Lago Crystal para aterrorizar um novo grupo de monitores e campistas. O filme solidifica o papel de Jason como o principal vilão da franquia e introduz seu icônico visual com a máscara de hóquei.

Sexta-Feira 13: Parte III (1982)

Em sua terceira entrada, a franquia continua a saga de terror de Jason Voorhees, que agora enfrenta um novo grupo de jovens em um acampamento próximo ao Lago Crystal. O filme é notável por ser o primeiro a apresentar a máscara de hóquei que se tornou um símbolo do personagem.

Sexta-Feira 13: O Capítulo Final (1984)

Originalmente concebido como o capítulo final da série, este filme apresenta um confronto final entre Jason Voorhees e um grupo de adolescentes que se recusam a ser suas vítimas. Com um clímax explosivo e mortes memoráveis, o filme encerra a primeira fase da franquia de maneira impactante.

slasher

Sexta-Feira 13: Parte V – Um Novo Começo (1985)

Nesta sequência, um novo assassino assume o manto de Jason Voorhees, continuando sua carnificina no Lago Crystal. O filme explora temas de trauma e insanidade, enquanto um grupo de adolescentes tenta sobreviver ao pesadelo que se desenrola ao seu redor.

Sexta-Feira 13: Parte VI – Jason Vive (1986)

Retornando à forma clássica de Jason Voorhees, este filme revive o icônico vilão após sua breve ausência. Utilizando elementos de comédia e terror, o filme apresenta Jason ressuscitado e mais implacável do que nunca, enquanto ele continua sua busca por vítimas no Lago Crystal.

Sexta-Feira 13: Parte VII – A Matança Continua (1988)

Neste capítulo da franquia, Jason enfrenta uma nova adversária: uma jovem com poderes telecinéticos. O filme mistura elementos de horror sobrenatural com o terror tradicional de “Sexta-Feira 13”, resultando em um confronto épico entre o bem e o mal.

Sexta-Feira 13: Parte VIII – Jason Ataca em Nova York (1989)

O filme segue um grupo de adolescentes que fazem uma viagem de barco para Nova York, apenas para serem perseguidos por Jason Voorhees. Apesar do título, grande parte da ação ocorre a bordo do navio, com o terror se desenrolando em alto mar.

Jason Vai Para o Inferno: A Última Sexta-Feira (1993)

Este filme expande o mito de Jason Voorhees, explorando sua origem e sua natureza sobrenatural. Quando o corpo de Jason é destruído, seu espírito maligno busca um novo hospedeiro, desencadeando uma nova onda de terror no Lago Crystal e além.

Jason X (2001)

Levando o terror slasher para o espaço, este filme se passa em um futuro distante, onde Jason Voorhees é reanimado em uma nave espacial. O filme mistura elementos de ficção científica com o horror clássico de “Sexta-Feira 13”, resultando em uma experiência única e memorável para os fãs da franquia.

Freddy vs. Jason (2003)

Este crossover tão aguardado reúne dois dos mais icônicos vilões do cinema de terror: Jason Voorhees e Freddy Krueger. O filme apresenta um confronto épico entre os dois assassinos, enquanto eles lutam pelo domínio sobre as mentes e os corações de suas vítimas.

Sexta-Feira 13 (2009)

Uma reinicialização da franquia, este filme reimagina os eventos do original de 1980 para uma nova geração de espectadores. Com uma abordagem mais moderna e intensa, o filme mantém o espírito do original enquanto adiciona novos elementos de suspense e terror.

Onde assistir: HBO Max

Saga do Chucky

★★★☆☆

A franquia “Brinquedo Assassino” é uma das mais duradouras e populares do cinema de terror slasher, introduzindo o icônico boneco Chucky como um vilão temido e amado por fãs de todo o mundo. Ao longo dos anos, a série evoluiu, explorando diferentes aspectos do horror e expandindo o universo sinistro de Chucky. Vamos explorar cada filme da série e sua contribuição para a mitologia de terror.

Brinquedo Assassino (1988)

O filme original apresenta a história de Chucky, um boneco possuído por um assassino em série que busca transferir sua alma para o corpo de um menino. Quando a mãe do menino, Karen Barclay, compra o boneco como presente de aniversário, uma série de eventos macabros se desenrola, culminando em um confronto mortal entre Chucky e sua família humana.

Brinquedo Assassino 2 (1990)

Na sequência, Chucky ressurge para continuar sua busca pela alma de Andy, o menino que escapou de sua ira no primeiro filme. Desta vez, Chucky é reconstruído e retorna para aterrorizar um hospital psiquiátrico, onde Andy está internado. O filme amplia os elementos de horror e suspense, enquanto Chucky deixa um rastro de morte em sua busca implacável.

slasher

Brinquedo Assassino 3 (1991)

No terceiro capítulo da série, Chucky retorna mais uma vez para perseguir Andy, que agora é um adolescente e está matriculado em uma academia militar. Enquanto Chucky causa caos e destruição no ambiente rigoroso da academia, Andy luta para provar sua sanidade e salvar seus colegas de uma morte certa nas mãos do boneco demoníaco.

A Noiva de Chucky (1998)

Este filme marca uma mudança de tom para a série, introduzindo elementos de comédia e romance ao lado do horror clássico. Chucky é ressuscitado por sua antiga namorada, Tiffany, que também é transformada em uma boneca. Juntos, eles embarcam em uma jornada de destruição e vingança, enquanto buscam corpos humanos para possuírem.

O Filho de Chucky (2004)

Na quarta entrada da série slasher, Chucky e Tiffany retornam mais uma vez, desta vez acompanhados por seu filho, Glen, que busca encontrar sua identidade enquanto lida com a herança sombria de seus pais. O filme mistura humor negro com horror gore, resultando em uma experiência única e memorável para os fãs da franquia.

A Maldição de Chucky (2013)

Este filme marca o retorno às raízes do terror mais sombrio da série, apresentando uma história mais atmosférica e assustadora. Chucky é enviado como presente para uma família, onde começa a aterrorizar uma jovem mulher paraplégica e sua família. O filme reintroduz o terror psicológico da série, enquanto Chucky manipula suas vítimas e revela seus segredos sombrios.

O Culto de Chucky (2017)

Neste capítulo da série, Chucky continua sua missão de vingança, desta vez invadindo um hospital psiquiátrico onde Andy Barclay está internado. O filme expande o universo de Chucky, introduzindo novos elementos de mitologia e explorando o conceito de múltiplas manifestações do boneco assassino. Com reviravoltas chocantes e cenas de horror intensas, “O Culto de Chucky” mantém os espectadores à beira de seus assentos até o final.

Onde assistir: Star+

A casa de cera

★★★★☆

O filme slasher segue um grupo de jovens que ficam presos em uma cidade fantasma chamada Ambrose, onde encontram uma misteriosa casa de cera. Logo, eles descobrem que os habitantes da cidade estão transformando pessoas em estátuas de cera, e eles se tornam alvos do grupo de psicopatas que mantêm o macabro museu.

“A Casa de Cera” é conhecida por sua atmosfera sombria e claustrofóbica, criando uma sensação de tensão crescente à medida que os personagens exploram a cidade abandonada e a sinistra casa de cera. A fotografia escura e os cenários decadentes contribuem para a sensação de desespero e horror que permeia o filme.

Os vilões do filme, liderados por dois irmãos gêmeos, são figuras sinistras e perturbadoras que personificam o mal puro. Sua obsessão com a criação de estátuas de cera humanas os torna ainda mais assustadores, e sua implacabilidade ao caçar suas vítimas cria um senso de perigo iminente e inevitável.

“A Casa de Cera” é repleta de cenas de suspense e terror slasher, com momentos de perseguição frenética, violência gráfica e reviravoltas chocantes. O filme mantém os espectadores à beira de seus assentos, à medida que os personagens lutam para sobreviver aos horrores que os cercam e descobrem os segredos sombrios da cidade de Ambrose.

O elenco do filme inclui jovens talentosos, como Elisha Cuthbert, Chad Michael Murray, Jared Padalecki e Paris Hilton. Suas performances capturam a angústia e o desespero de seus personagens enquanto enfrentam o terror indescritível da casa de cera.

slasher

Apesar de receber críticas mistas da crítica, “A Casa de Cera” ganhou status de cult ao longo dos anos por sua atmosfera assustadora, performances memoráveis e cenas de horror impactantes. O filme é lembrado como uma entrada memorável no gênero de terror e continua a atrair fãs de filmes assustadores e cheios de suspense.

Onde assistir: HBO Max

Conclusão dos melhores terror slasher

Os filmes de terror slasher são de longe os mais leves, mesmo com muitas mortes, e muito sangue, ainda sim não se comparam com outras categorias. Mas nunca deixam de ser excelentes e deixam seus fãs com medo, já imaginou ser perseguido por um serial killer? Nesse filmes slasher você acha que as pessoas que estão fugindo são burras por não saber o que fazer no desespero mas é bem provável que se você estivesse correndo risco de morte também não pensaria muito.

...